Urgente! Bolsonaro libera concurso Ebserh 2020 com 6.381 vagas; 900 médicos

São 6.381 vagas para níveis médio, técnico e superior. Atividades serão relacionadas ao combate do Covid-19

Postado em: em Trabalho

Foi publicado no Diário Oficial da União, desta quarta-feira, dia 1º de abril, o extrato do edital do novo concurso da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (concurso Ebserh 2020).

De acordo com o documento, serão ofertadas 6.381 vagas temporárias.

Ainda segundo o extrato, o edital de abertura deverá ser publicado até o fim da semana. O objetivo do certame é contratar profissionais para o combate e controle do novo coronavírus no país.

De acordo com a Ebserh, as 6 mil contratações serão destinadas para 40 hospitais em todo o país. As regiões de lotação ainda não foram reveladas.

Vagas concurso Ebserh 2020

No dia 27 de março, o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a previsão de aberturas de vagas na área da saúde, por meio de concurso público.

“Os hospitais universitários vão receber mais de 6 mil profissionais da saúde, por concursos públicos e por contratações temporárias. Com isto, avançamos nas realizações diárias, ampliamos o quadro e nos preparamos para preservação de quem é do grupo de risco”, publicou.

As áreas contempladas exigem níveis médio, técnico e superior. As remunerações ainda serão confirmadas no edital de abertura das inscrições, que está previsto para ser divulgado no decorrer desta semana, até o dia 3 de abril.

Confira algumas oportunidades previstas:

  • 900 vagas para médicos;
  • 1.400 para enfermeiros;
  • 3 mil para técnicos de enfermagem;
  • 500 para fisioterapeutas;
  • 100 para engenheiros e arquitetos.

“Estamos em um momento em que temos que nos dedicar ainda mais à nossa missão de cuidar. Somos a linha de frente no combate a uma pandemia mundial e a população brasileira depende de todos nós que atuamos na área da saúde”, declarou o presidente da estatal, Oswaldo Ferreira.

“A Rede Ebserh está fazendo a sua parte e o reforço de nosso contingente vai ao encontro das necessidades desse período tão delicado”, finalizou Ferreira.


Artigos Relacionados