Unesp, Unicamp e USP suspendem aulas para prevenir coronavírus

Após nova diretriz, Universidade suspenderá atividades a partir da próxima terça-feira (17)

Postado em: em Educação

A​pós a nova diretriz divulgada pelas autoridades de saúde sobre o avanço do novo coronavírus, o Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp) divulgou um comunicado atualizando as recomendações para o controle da Covid-19.

As aulas presenciais na Unesp serão suspensas a partir de 17 de março de 2020, próxima terça-feira. O mesmo vale para a USP. A Unicamp já havia anunciado a medida.

Excepcionalmente, os cursos das áreas de saúde, tais como medicina e enfermagem, não terão as atividades acadêmicas suspensas, pois contribuirão para a contenção da epidemia.

Os estudantes devem obter mais detalhes de como isso ocorrerá nas respectivas unidades universitárias. 

Segundo o Cruesp, "a situação será avaliada continuamente e a data de retorno das aulas presenciais será anunciada oportunamente".

A Unesp criou uma página especial em seu portal com notícias e informações sobre a doença, com base nas recomendações em vigor no país. Acesse: www.unesp.br/covid19.

Leia abaixo a íntegra do Comunicado Cruesp:

Considerando as novas recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde referente à epidemia de Covid-19, divulgadas nesta data em coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Bandeirantes, o CRUESP informa:

1) As três universidades públicas do Estado de São Paulo continuarão a fazer todos os esforços para reduzir a taxa de aumento da doença no Estado de São Paulo;

2) Aulas presenciais continuarão suspensas na Unicamp, e serão suspensas na USP e UNESP a partir de 17/03/2020. A situação será avaliada continuamente, e a data de retorno das aulas presenciais será anunciada oportunamente.

3) Recomendações específicas para a comunidade universitária de cada universidade estão sendo amplamente divulgadas nos respectivos portais;

4) Além da participação fundamental no sistema de saúde do Estado de São Paulo com assistência à população por meio do SUS, as Universidades estão estimulando os seus programas de pesquisa para acompanhar a evolução da epidemia, e buscar melhorias no diagnóstico e tratamento.

Ressaltamos que comitês técnicos foram criados nas três universidades para acompanhar a situação e a evolução da epidemia.

Campinas, 13 de março de 2020

Marcelo Knobel
Presidente do Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp)A


Artigos Relacionados