Uma das partes mais importantes do corpo, os pés revelam doenças

Por conta disso, o cuidado com essa parte do corpo não é apenas uma questão de estética, mas de saúde

Postado em: em Mais+

Cuidar da aparência é algo saudável e que deve ser levado em consideração, mas muitas pessoas se preocupam mais com as mãos, com a pele e cabelos, se esquecendo de prestar atenção também à saúde dos pés. Sim, os pés! Eles fazem o trabalho de sustentação e locomoção, por isso merecem todo cuidado e atenção.

Mas o cuidado com os pés não é apenas uma simples questão de estética e embelezamento, mas principalmente, uma questão de saúde, já que assim como os olhos, eles fornecem informações importantes sobre a saúde através de sinais e sintomas que podem indicar graves patologias. “Infelizmente, ainda existe muita desinformação sobre as diferenças entre estética e saúde. A maioria das pessoas vai regularmente ao salão de beleza fazer os pés, mas não sabe que existem profissionais especializados em tratar problemas comuns, como calos, unhas encravadas, fungos, entre outros. Este profissional é o podólogo”, observa a podóloga Cristina Tomaz.

Além de possuir um quarto de todos os ossos humanos, os pés também seguram todo o peso do corpo. Não é à toa que possuem 33 juntas, 100 tendões, músculos e ligamentos, assim como incontáveis tipos de nervos e veias sanguíneas conectadas ao coração, espinha dorsal e o cérebro.

Levando todas essas informações em conta, então não é uma surpresa saber que, se há algo de errado com os pés, então o resto do corpo será afetado de alguma forma, em alguma região específica. Pessoas que são portadoras de diabetes, por exemplo, podem apresentar lesões nos pés que, se não tratadas adequadamente, podem até levar à amputação, uma situação muito grave e reconhecida pelo próprio Ministério da Saúde. Cristina diz que “outro ponto também que nos chama muito a atenção hoje em dia é a alteração do hormônio TSH, o que pode desencadear uma queratose de grau mais elevado”.

Cuidando bem

Problemas nos pés causam um enorme desconforto. Não há quem se sinta bem com unhas encravadas, por exemplo. Ou quem não se constranja por ter chulé e precisar tirar o sapato diante de outras pessoas. Os problemas mais corriqueiros são o engrossamento da sola, as unhas encravadas e os odores.

A podóloga Cristina Tomaz explica que cuidar dos pés não é apenas uma questão estética (Foto: Janaína Leão)

Para cada situação, há maneiras de prevenir e alternativas viáveis de tratamento. “Tendo um acompanhamento com o profissional da podologia no início, é possível obter um excelente resultado no tratamento de qualquer tipo de lesão nos pés ou unhas, problemas de postura no caminhar, entre outras situações”, comenta Cristina, que atua há três anos na área, buscando sempre especializações. Ela tem formações para atender a todas as demandas da área, inclusive para encaminhar os casos mais graves a profissionais especialistas e fazer um atendimento multidisciplinar para um melhor resultado.

No dia a dia, a podóloga revela ser importante manter alguns cuidados com os pés, como fazer uma assepsia correta, usar sapatos e meias confortáveis, fazer o corte correto das unhas e manter os pés bem hidratados com a aplicação diária de cremes.

NO FOCO

Cristina Tomaz – Podóloga especializada em Podopediatria, Podogeriatria, Pés Diabéticos, Laser/Led usados na Podologia, Quirodátiloga e Ozonioterapia e Autofrequência na Podologia Clínica

Telefone (16) 9.9286-0254



Artigos Relacionados