Tudo pronto para Corinthians x Palmeiras, o maior clássico de SP

De um lado, a solidez e a regularidade do Corinthians. De outro, a força do Palmeiras em casa

Postado em: em Futebol

De um lado, a solidez e a regularidade do Corinthians. De outro, a força do Palmeiras quando joga em casa. O clássico paulista da noite desta quarta-feira, marcado para as 21h45m (horário de Brasília), na Arena Palmeiras, já teria atrativos o suficiente por si só. 

Além do apelo óbvio entre torcedores palmeirenses e corintianos, o dérbi paulista ainda atrai atenções de outros clubes, que tentam resolver uma questão até agora sem resposta neste Brasileiro: como superar o Corinthians, líder com nove pontos de vantagem?

Para Flamengo, Grêmio e Santos, é um jogo que pode representar formas de bater de frente com o Corinthians. Pode mostrar como fazer gols em um time que é muito sólido defensivamente e também modos de não sofrer gols, já que o Corinthians costuma balançar as redes uma ou até duas vezes por partida.

A bola aérea tem sido a melhor forma de fazer gols no Corinthians. E o Palmeiras tem todas as condições para usar isso. Cuca é um treinador que gosta muito desse tipo de jogada, treina muito isso, o que já foi até chamado de "Cucabol".

Além do poder aéreo do Palmeiras, há a força da equipe dirigida por Cuca quando joga em seu estádio. O time defende uma invencibilidade de 31 jogos na Arena Palmeiras. A força caseira pode ser um diferencial importante contra o Corinthians, que chega mais forte "taticamente e emocionalmente".

Uma vitória do Palmeiras seria bem-vinda por times que desejam encurtar a distância para o líder Corinthians, com 32 pontos. São os casos do vice-líder Flamengo (23), do Grêmio (22) e do Santos (20), que formam o G-4 atualmente e tentam aprender a roubar pontos do Corinthians no confronto direto -- o time carioca, por exemplo, ainda faz dois jogos contra os paulistas neste Brasileiro.

Mas o resultado do clássico é uma faca de dois gumes. Embora possa exibir fraquezas do Corinthians, por um lado, também pode fazer o Palmeiras, hoje quinto colocado com 19 pontos, engatar de vez. 

Se ganhar hoje, o Palmeiras vira a chave. Todos olham para o Palmeiras com muita desconfiança. Achavam que o Cuca seria o "milagreiro", que o time ia disputar o título, e ainda não aconteceu. Se vence o Corinthians, que não perdeu para ninguém, pode ser um divisor de águas.

A última partida entre as duas equipes foi em fevereiro deste ano, pelo Campeonato Paulista. Naquela ocasião, um desacreditado Corinthians venceu por 1 a 0 com um jogador a menos, após expulsão de Gabriel. O Corinthians deste ano nasceu naquele jogo.


Artigos Relacionados