Tragédia de Brumadinho completa 1 ano e vítimas são homenageadas em SP

Evento reúne ações de voluntários, o disparo da sirene que não tocou e debate com profissionais da área

Postado em: em Cotidiano

O rompimento da Barragem da Mina do Feijão, que deixou 272 mortos em Brumadinho em 2019, completa 1 ano no próximo dia 25 de janeiro. 

Nesta data, o Instituto Camila e Luiz Taliberti, criado pelos amigos e parentes das vítimas da tragédia, organizará um evento que acontecerá na Av. Paulista

Na ocasião, haverá uma série de ações, que têm como objetivo fazer com que o ocorrido não seja esquecido, outros sejam evitados e as vítimas sejam homenageadas. 


As ações acontecerão na esquina da Av. Paulista com a Rua Pamplona, a partir das 10h. Entre elas, destaque para o disparo da sirene por 60 segundos -- que não tocou no dia da tragédia --, às 12h28, horário que a barragem se rompeu. 

Em seguida, os voluntários do Instituto, representando cada uma das vítimas do desastre, se reunirão no horário exato para uma homenagem especial ao som da sirene.

Além disso, haverá roda de conversa em uma tenda, que contará com as fotos de todas as vítimas, com o objetivo de debater o assunto. 

Um dos participantes confirmados é Francisco Oliveira, coordenador da Divisão Técnica de Geotecnia do Instituto de Engenharia. 

Também haverá a presença de uma serigrafista, que utilizará seus equipamentos para estampar camisetas dos participantes com o tema da ação.

O evento contará ainda com apresentações musicais, discurso de porta-voz do Instituto e caminhada até a Rua da Consolação, finalizando com uma projeção sobre o tema no prédio onde funcionava o CREMESP, em frente ao Mackenzie.

Serviço

Evento em homenagem às vítimas de Brumadinho

Data: 25 de janeiro

Local: Esquina da Av. Paulista com a Rua Pamplona

Programação
10h: Início do atendimento ao público
10h30: Apresentação musical - Trio de Choro (André Bachur, Bruno Elisabetsky e Túlio Bias)
10h30: Início da serigrafia de pano -- Monique Schoenaker
11h: Apresentação musical DJ - Marina (Samba do Sol)
11h30: Apresentação musical - Renato Paz e banda (música brasileira)
12h28: disparo da sirene + ação com voluntários e convidados + discurso do porta-voz
13h: Roda de discussão sobre Barragens
14h30: Apresentação Musical - Banda the Apartment Cats (pop/rock)
15h: Apresentação musical - DJ Kamina (música brasileira)
15h30: Banda The Monkeyshines (rock)
16h: Apresentação musical - Projeto Diamantes musicais
16h30: Apresentação musical - Dj Odara (música brasileira)
17h: Apresentação musical - Iris violinista
18h30: Início da caminhada até a Rua da Consolação (prédio onde funcionava o CREMESP, em frente ao Mackenzie)
19h30: Projeção de homenagem às vítimas e finalização do evento

Sobre o Instituto Camila e Luiz Taliberti
O Instituto é uma iniciativa coletiva de amigos e familiares de Camila e Luiz Taliberti, vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho em 25 de janeiro de 2019. O Instituto tem como missão atuar com temas socioambientais como a defesa dos direitos humanos, o empoderamento de grupos vulneráveis, especialmente mulheres, e a proteção do meio ambiente contra ações danosas.


Artigos Relacionados