Tânia Bertolino, Secretária de Finanças de Gilson, pede para deixar o cargo

Segundo Tânia Bertolino, sua decisão de sair foi tomada, exclusivamente, por questões de saúde

Postado em: em Política

A servidora municipal Tânia Fernandes de Carvalho Bertolhino entregou ao prefeito Gilson de Souza o pedido de exoneração do cargo de Secretária Municipal de Finanças. 

Conforme publicações no Diário Oficial do Município desta quarta-feira, 17 de abril, Tânia deixa a chefia e passa a ocupar o cargo em comissão de Assessora de Políticas Públicas, junto à mesma pasta. 

A servidora ainda foi designada para continuar a responder pelas funções de Secretária Municipal de Finanças. 

Segundo Tânia, sua decisão foi tomada, exclusivamente, por questões de saúde. 

Após se sentir mal, por duas vezes, Tânia foi diagnosticada com hipertensão. 

Chegou a ficar afastada de suas funções em duas oportunidades neste ano: um período em fevereiro e outro entre o final de março e início de abril. 

Seguindo orientações médicas, ela, então, decidiu se afastar da chefia da Pasta.

“Meu médico pediu para eu desacelerar e reduzir minha carga de trabalho. Como secretária, tinha uma jornada extensa, de cerca de 12 horas diárias. Assim, para preservar minha saúde, resolvi me afastar do comando da Secretaria Municipal de Finanças”, explica.

Tânia seguirá na Finanças, ocupando o cargo de Assessora de Políticas Públicas e segue, temporariamente, na função de Secretária.

“A Finanças sempre foi minha paixão. E continuarei aqui, neste período de transição, auxiliando em tudo o que for necessário quem vier a me suceder”, disse.

Foi em setembro de 2017 que Tânia Bertolhino assumiu a chefia da Secretaria de Finanças, pasta em que estava lotada há 13 anos. 

A história dela com a Prefeitura, porém, é mais extensa. Em 1987, ela foi contratada pela empresa de economia mista Dinfra (Distritos Industriais de Franca) e, após a extinção da autarquia, seguiu para a Prefeitura, acompanhando todo o processo de incorporação e extinção do Dinfra.

“Estou na Prefeitura de Franca há mais de 30 anos e continuarei aqui à disposição do senhor prefeito, para colaborar para o bom andamento da Administração Pública e na prestação de serviços à população de Franca, no que ele julgar necessário”, afirmou Tânia.

“Agradeço imensamente todo trabalho desempenhado pela secretária Tânia. Ela cuidou muito bem de uma das pastas mais importantes do governo, de forma competente, comprometida e séria. Com seu comando, conseguimos manter nossas contas e todos os pagamentos em dia. Franca é uma das poucas cidades do Brasil que têm suas contas controladas e fechou o ano passado com R$ 38,2 milhões de superávit. E ela vai continuar nos auxiliando neste eixo, para mantermos a saúde financeira do município muito bem pontuada”, afirmou o prefeito Gilson de Souza.


Artigos Relacionados