Supermercados da região de Franca esperam vender 6% a mais que no Natal de 2018

Bebidas alcoólicas devem alavancar vendas auxiliadas por frutas, legumes e verduras no período

Postado em: em Economia

​O Natal tem importância alta para os supermercados por ser a melhor data para o setor. Os dados da pesquisa da Associação Paulista de Supermercados (APAS) demonstram que o Natal de 2019 deve ter um crescimento de 6% nominal quando comparado ao ano anterior na região de Franca. A previsão em 2018 era de 2%. “O mês de dezembro representa um aumento de 24% nas vendas quando comparado com a média dos outros meses”, explica o economista da APAS, Thiago Berka.

A categoria que deve apresentar maior impacto nas vendas são as bebidas alcoólicas. Os empresários esperam vender 53% mais que no ano passado. Itens perecíveis e laticínios devem ter um aumento de 67%.

Frutas, legumes e verduras têm crescimento de vendas esperado em 80%. O número representa bom momento desta categoria devido ao clima seco e o aumento de temperatura que permitiram quedas constantes nos preços desde junho. Em setembro, o valor das frutas caiu 3,30%, dos legumes, 16%, e das verduras, 8,3%.

Para as carnes, a expectativa de vendas é de empate com 2018. Uma das explicações é que, neste ano, com o dólar em alta, ficando entre R$3,90 e R$4, fez com que as exportações colocassem este produto em situação de aumento de preços com o esvaziamento para produção interna. Este fator afetou as carnes bovinas e suínas que foram exportadas em grande quantidade para suprir o mercado asiático, que sofreu com a peste suína na China. Com os preços acumulados já altos, somados ao aumento natural de final de ano, o consumidor verá preços mais salgados entre os diferentes cortes.

Em setembro, a APAS revisou sua expectativa de vendas no setor do estado para até 1,3%. O índice anterior era de crescimento entre 2,7% e 3%. O motivo é o cenário desafiador atual, em que o desemprego permanece com pouca melhora.

Fonte APAS


Artigos Relacionados