Sesi Franca e Flamengo se enfrentam no Pedrocão valendo liderança do NBB

Franca é o maior campeão de títulos nacionais e Mengo é pentacampeão da "era NBB"

Postado em: em Basquete

De um lado o maior campeão nacional de basquete de todos os tempos e do outro o pentacampeão do NBB CAIXA, recordista de títulos na última década. Nesta quinta-feira (08/11), Sesi Franca Basquete e Flamengo se enfrentarão em um jogo quente, no Ginásio Pedrocão, às 20 horas, com transmissão ao vivo do FoxSports, valendo a liderança do NBB CAIXA.

As equipes se enfrentarão pela 28ª vez na competição, em um duelo que colocará frente a frente os dois melhores times do campeonato até aqui.

Sinônimo de bom jogo, Franca e Flamengo já protagonizaram grandes partidas dentro das quadras do NBB CAIXA. Ao todo, as equipes se enfrentaram 27 vezes desde a primeira edição da competição, com retrospecto favorável para o rubro-negro.

Com 17 triunfos, contra 10 do time francano, o time da Gávea tem vantagem em confrontos diretos. Já em playoffs a história muda e o equilíbrio ganha força.

Em duas oportunidades, cariocas e paulistas duelaram em semifinais do NBB CAIXA. A primeira aconteceu na temporada 2008/2009, com vitória na série melhor de cinco do Flamengo, por 3 a 1. Já na edição seguinte da competição, na mesma fase, o Franca levou a melhor e venceu a série por 3 a 1.

Nos elencos de Franca e Flamengo alguns jogadores já estiveram nos dois lados do duelo, caso do ala norte-americano David Jackson, do Franca, do ala Jhonatan e do pivô Mineiro, do Flamengo.

Destaque do Franca, Jackson começou sua trajetória no NBB CAIXA com as cores do Flamengo, na edição 2011/2012 da competição. Por lá, o norte-americano conseguiu bons números e alcançou médias de 16,2 pontos, 2,7 rebotes, além de 17,4 no índice de eficiência.

Já pelo lado rubro-negro, o ala Jhonatan é um dos que já vestiram as cores da equipe francana. Em duas temporadas com a camisa do Franca (temporada 2012/2013 e 2013/2014), o ala rubro-negro participou de 78 jogos e anotou médias de 12,3 pontos, 3,6 rebotes, além de 12,7 de eficiência.

Outro que também esteve no Franca foi o pivô Mineiro. Após duas temporadas com a camisa do Flamengo, o pivô rubro-negro se transferiu para o Franca para disputar a última edição do NBB CAIXA.

Em 27 jogos disputados e com média de 24,1 minutos de quadra, Mineiro alcançou bons números e fez uma boa temporada com a equipe paulista antes de se transferir novamente para o rubro-negro – médias de 7,3 pontos, 5,5 rebotes, além de 10,4 no índice de eficiência.


Artigos Relacionados