Servidores vão decidir em assembleia na quinta se valor dos precatórios cairá

Sem aceite dos servidores, dificilmente projeto será aprovado na Câmara dos Vereadores

Postado em: - Atualizado em: em Política

​Os servidores públicos municipais vão decidir na próxima quinta feira, em assembleia, se aceitarão a proposta do prefeito Gilson de Souza de redução das obrigações de pequeno valor a serem pagas pela Prefeitura em ações perdidas na Justiça.

Atualmente, valores até 30 salários mínimos têm que ser pagos à vista pelo município. O prefeito quer que os valores caiam para sete salários mínimos. Se passar pela Cámara, somente serão pagas à vista ações inferiores a R$ 6,6 mil. 

As demais serão transformadas em precatórios e a Prefeitura terá prazo para fazer os pagamentos. Mas para isso é necessário que os vereadores aprovem a mudança. O aval dos servidores é tido como necessário para que isso aconteça.

A proposta a ser apresentada resulta de negociações entre o prefeito e o sindicato. A princípio, Gilson queria o teto em cinco salários mas não houve concordância. O prefeito então propôs no pacote quitar à vista todas as ações com execução até o dia 30 de maio.




Artigos Relacionados