Segundo CDL, venda de materiais escolares deve ter alta de 5% em Franca

De acordo com o setor, que atende ao consumidor final, o gasto médio deverá ser de R$ 200 a R$ 300

Postado em: em Economia

O ano de 2020 começou bem e com grande expectativa para os comerciantes de Franca. Pelo menos é esse o prognóstico observado pelo presidente da CDL Franca – Maurício Pereira Ramos. 

Dessa forma, e alinhando com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo, a CDL Franca espera um crescimento nas vendas no início deste ano, em torno de 5% para o segmento de material escolar.

Maurício Ramos explicou que, mesmo com a situação difícil que o país atravessa, o segmento escolar sempre investe em novidades no início de cada ano letivo. E, por isso, as lojas do setor esperam superar as vendas alcançadas em 2019 neste primeiro trimestre.

De acordo com o setor, que atende ao consumidor final, o gasto médio deverá ser de R$ 200 a R$ 300. Os dados divulgados são da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo.

“A economia brasileira deve crescer cerca de 2,2%, de acordo com o Banco Central. Dessa maneira, podemos prever um cenário positivo para os lojistas durante este ano, pois o período de volta às aulas pode ser considerado a primeira oportunidade do ano para o aumento das vendas”, explica o presidente da federação, Maurício Stainoff.

De acordo com a entidade, os investimentos em descontos e promoções serão as principais táticas dos lojistas para aumentarem as vendas. 

A federação avalia ainda que o comércio virtual poderá colaborar no aumento das vendas do varejo, já que as lojas virtuais cresceram 12% em 2019.


Artigos Relacionados