Segunda unidade do Bom Prato em Franca: outra promessa não cumprida

Gilson de Souza também prometeu, na campanha, ampliar os atendimentos do Bom Prato do Centro

Postado em: em Política

Entre as dezenas de promessas feitas por Gilson de Souza (DEM) durante sua campanha à Prefeitura, que já se perderam no segundo ano de um mandato até aqui sem grandes realizações, algumas estão ligadas à área de Ação Social.

Uma das que Gilson mais falou – e que até agora não cumpriu – é relativa ao Restaurante Bom Prato. Enquanto candidato, afirmou que implantaria em Franca uma segunda unidade do estabelecimento, que serve refeições a R$ 1.

Na verdade, foi uma promessa ambiciosa de Gilson, que não dependeria somente dele para que se realizasse. O valor de R$ 1 é a contrapartida do usuário, mas o restante do valor é rateado entre o governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura.

Não se sabe se Gilson foi atrás do Estado para cumprir o seu compromisso de campanha, mas fato é que o Bom Prato segue com apenas uma unidade, no Centro.

E atrelada a esta promessa de campanha, vem outra: Gilson afirmou que ampliaria o número de refeições no Bom Prato de Franca, passando de 1,2 mil para 1,8 mil. Mais uma promessa feita com dinheiro alheio – do Estado – e não cumprida.

Além do Bom Prato, outros compromissos de campanha, como tarifa de ônibus a R$ 1 no fim de semana – o máximo que conseguiu foi um desconto temporário por seis meses, aos domingos – e dos hospitais de clínicas, da Mulher, veterinário, e por aí vai. Poucos avanços, para promessas demais até aqui.

Artigos Relacionados