​Santa Casa inicia processo de digitalização do seu parque tecnológico

Primeiro passo foi a implantação do Sistema Digital de Visualização de Radiologias no Centro Cirúrgico

Postado em: em Saúde

A Santa Casa de Franca iniciou o ano de 2018 atendendo com equipamentos de alta tecnologia no Centro Cirúrgico, que colaboram para um melhor desempenho da equipe médica  e mais segurança para os pacientes.

Este é o início de um grande projeto de um “Hospital Digital” – um conceito moderno de assistência à saúde que permite otimizar tempo, processos e recursos que garantem o devido armazenamento das informações em um sistema de gestão principal que conversa o tempo todo com os demais sistemas que a instituição utiliza e que são necessários para o pleno funcionamento do hospital.

Desta forma o passo inicial deste processo foi dado com a implantação do Sistema Digital de Visualização de Imagens Radiológicas no Centro Cirúrgico da Santa Casa de Franca, que possibilita que os médicos tenham acesso de forma rápida e segura durante o procedimento cirúrgico, a imagens radiológicas digitais com alta resolução e maior facilidade de visualização.

Os equipamentos que permitem que tal processo seja possível são dois CRs (Digitalizadores Radiográficos) e hardwares compatíveis para a integração com PACS (Sistema de Arquivamento e Comunicação de Imagens) adquiridos com verba de emenda parlamentar do Deputado Federal Eduardo Bolsonaro e com apoio do vereador Claudinei da Rocha.

Os CRs convertem imagens de raio x convencionais para digitais, devidamente instalados e combinados com o PACS – que com auxílio de monitores de alta resolução instalados nas salas de cirurgia permitem aos médicos cirurgiões a visualização, no momento do procedimento cirúrgico, das imagens como raios x, ressonância magnética e tomografia do paciente, possibilitando a ampliação, contraste e detalhamento, melhorando assim a precisão durante o processo.

Estas imagens ficam armazenadas no banco de dados da Santa Casa, respeitando a guarda legal de vinte anos, economizando assim espaço físico e custos com impressões de películas e gerando até mesmo um impacto ecológico positivo, por não produzir resíduos para descarte.

Os monitores que exibem as imagens são três televisores de alta resolução, doados pelas empresas: Grupo Cruzeiro do Sul (2 monitores de 43 polegadas) e Printmac Soluções Integradas de Impressão e Digitalização (1 monitor de 49 polegadas) – distribuídos em três salas de cirurgia.

Todo esse aparato tecnológico de ponta se traduz em um procedimento cirúrgico ainda mais seguro para o paciente porque o processo de realização do exame e sua visualização estão informatizados, garantindo a exatidão e o devido arquivamento e gerenciamento dos dados.

Assim, este processo que teve início no Centro Cirúrgico será replicado para todos os setores do Complexo Hospitalar de Franca, formado pelas unidades Santa Casa, Hospital do Coração e Hospital do Câncer.

A Diretoria Administrativa do Complexo Hospitalar de Franca – que engloba a Santa Casa, Hospital do Coração e Hospital do Câncer - agradece ao Deputado Federal Eduardo Bolsonaro pela emenda direcionada e ao Grupo Cruzeiro do Sul e Printmac pelas doações dos monitores, fundamentais à evolução desta instituição hospitalar de atendimento ao SUS, que contempla a população de Franca e mais 22 municípios da região, somando um público aproximado de 650 mil habitantes.


Artigos Relacionados