Sabesp e Scania abastecem ônibus em Franca com biometano

Ação faz parte da Semana de Inovação Suécia-Brasil e visa dar notoriedade ao gás como combustível sustentável

Postado em: em Meio Ambiente

A Sabesp abasteceu na última segunda-feira, 12 de novembro, pela primeira vez, um ônibus de passageiros da Scania com o biometano produzido a partir do tratamento de esgoto, em Franca.

A ação faz parte das Semanas de Inovação Suécia-Brasil, iniciativa promovida pela Embaixada da Suécia e a Business Sweden com o intuito de fomentar discussões sobre o potencial do mercado do biogás nas cidades brasileiras.

A demonstração aconteceu na Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de Franca, onde a Sabesp vem produzindo, desde abril deste ano, o biometano como combustível para os veículos da frota da empresa no município.

A Scania, parceira da Sabesp na ação, escolheu levar o modelo Scania K280 6x2, de 15 metros, piso baixo, para participar do teste, com capacidade de até 130 lugares, e motor dedicado a gás, que pode ser abastecido tanto com biometano assim como GNV (Gás Natural Veicular) ou, ainda, uma mistura de ambos.

Depois de abastecido, o ônibus circulou pelas ruas de Franca. O veículo foi adesivado especialmente para a ação, que faz parte dos eventos promovidos pela embaixada da Suécia e a Business Sweden no Brasil. O objetivo é dar visibilidade para o biometano como combustível ambiental e economicamente sustentável, com grande potencial para o Brasil. 


A Suécia foi pioneira no uso do biometano para abastecer a frota dos ônibus urbanos do país. “Há décadas a Suécia direciona a maior parte do biogás que ela produz para o transporte público, considerado um dos mais limpos do mundo. O biogás produzido deriva em sua maioria do tratamento de esgotos das cidades suecas. Identificamos no Brasil uma capacidade enorme de produção do biogás que ainda não foi explorada.  Com base nessa premissa, a Suécia decidiu incluir o tema na programação de seu maior evento no Brasil, as Semanas de Inovação Suécia-Brasil”, afirma Elsa Stefenson, Gerente de Projetos Sênior. 

O projeto da Sabesp em Franca é o único com produção de biometano gerado a partir do tratamento de esgotos na América Latina. O biometano é a purificação do biogás, gerado a partir de dejetos, e leva esse nome devido à alta concentração de metano. No entanto, pelo fato de a matéria-prima ser de origem orgânica e não fóssil, tem mínima emissão de gases poluentes.

A ETE de Franca trata em média 500 litros por segundo e produz em torno de 2.500 Nm³ de biogás por dia, suficiente para substituir 1.500 litros de gasolina comum diariamente. “O início da operação abre novas oportunidades de negócio para a Sabesp, tendo em vista o potencial de aumento de escala da produção de biogás a partir do tratamento de esgotos”, afirma o diretor de Tecnologia, Empreendimento e Meio Ambiente da Sabesp, Edison Airoldi. 


A Scania é referência mundial em soluções de transporte sustentável. A multinacional sueca trabalha com propulsores a gás desde a época da Segunda Guerra Mundial e a experiência fez com que a Scania desenvolvesse uma tecnologia que deixa os motores a gás com o mesmo torque dos a diesel. 

Recentemente, a empresa anunciou a maior venda de sua história de ônibus urbanos que rodam exclusivamente com GNV e biometano. A Scania forneceu 481 ônibus para a frota do Transmilênio, sistema de Bus Rapid Transit (BRT) de Bogotá, na Colômbia.

Todos os veículos contam com a tecnologia para utilização de gás natural, o que representa uma redução de emissões de mais de 98% de material particulado (PM), 96% de óxido de nitrogênio (NOx) e 20% de dióxido de carbono (CO2) em comparação com a maioria dos ônibus disponíveis na cidade colombiana.  “A Scania vem liderando a transformação para sistemas de transporte mais sustentáveis, em uma visão de longo prazo em que os biocombustíveis, aliados a tecnologia de ponta e eficiência energética, serão os grandes protagonistas dessa mudança que já está acontecendo”, afirma Gustavo Bonini, diretor de relações institucionais e governamentais da Scania Latin America. 

Sobre a Sabesp 

A Sabesp é a quarta maior empresa de saneamento do mundo em número de clientes. São 27,9 milhões de pessoas atendidas diretamente em 369 municípios. Atua também em parceria com empresas privadas em mais 4 cidades.

Possui a maior planta de produção de água de reúso do Hemisfério Sul e uma estação de tratamento de esgotos não domésticos. Suas ações são negociadas nas Bolsas do Brasil e Nova York, sendo o Governo do Estado de São Paulo o maior acionista, com 50,3%. 

Em abril de 2018, a Sabesp começou a usar o biogás gerado no tratamento do esgoto para movimentar a frota de veículos da empresa em Franca. Atualmente, o projeto da Sabesp é o maior da América Latina em produção de biometano para uso veicular gerado a partir do tratamento de esgotos. 

A Estação de Tratamento de Esgoto de Franca trata em média 500 litros por segundo e produz em torno de 2.500 Nm³ de biogás por dia, suficiente para substituir 1.500 litros de gasolina comum diariamente.

Sobre a Scania 

A Scania, referência mundial em soluções de transporte sustentável, é um dos principais fabricantes de caminhões pesados, de ônibus e de motores industriais e marítimos. Os serviços têm participação crescente nos negócios da empresa, assegurando aos clientes soluções de transporte econômicas e com alta disponibilidade operacional. 

Com 49,2 mil colaboradores, a empresa está presente em mais de 100 países, com linhas de produção na Europa, Ásia e América Latina e com possibilidade de intercâmbio global de componentes e veículos completos. Em 2017, a receita líquida da Scania alcançou 119,71 bilhões de coroas suecas e o lucro líquido do exercício, após a dedução de impostos, foi de 8,7 bilhões de coroas suecas. 

Sobre a Business Sweden   

A Business Sweden, também conhecida como o Conselho de Comércio e Investimento da Embaixada da Suécia, é uma agência semigovernamental, com 53 escritórios em 46 países. 

O papel da agência é auxiliar nas relações comerciais entre o Brasil e a Suécia assim como promover investimentos, cumprindo a função de conselheira, mediadora e parceira no diálogo entre os países.  

A Suécia é líder global em inovação e tem como premissa um grande foco em sustentabilidade e desenvolvimento do conceito de economia circular.


Artigos Relacionados