Rotatória do Champagnat com dias contados: obra terá 4 alças e 2 pontes

Obra, que deve começar em 10 dias, não depende de processos de desapropriações; tudo mais rápido

Postado em: em Obras

A Secretaria de Planejamento da Prefeitura de Franca trabalha para fazer uma intervenção viária e tentar acabar com os congestionamentos na rotatória entre as avenidas Champagnat e Ismael Alonso Y Alonso.

O projeto parte do princípio de acabar com a rotatória. Segundo o apurado, serão construídas duas novas pontes na avenida Champagnat possibilitando a ligação direta entre as duas partes da avenida.

As pistas da avenida Alonso Y Alonso ficarão retas, sem o contorno naquele trecho.

Como o espaço da rotatória é grande, serão construídas quatro alças: uma para quem vem da Alonso y Alonso e precisa entrar na Champagnat em direção ao antigo colégio.

Outra alça será para quem vem no sentido da cachoeira e precisa entrar na avenida Champagnat em direção ao Tonin.

Para quem desce a Champagnat e precisa adentrar a avenida Alonso Y Alonso haverá outra alça, assim como quem vem do Picanha na Tábua e precisa entrar na Alonso Y Alonso em direção ao Savegnago.

A reportagem do Jornal da Franca apurou a informação através de agentes das empresas concessionárias de serviços públicos, como CPFL e Sabesp.

Engenheiros e técnicos dessas empresas estiveram no local na semana que passou para analisar a necessidade de mudança de postes e fiação elétrica.

Pelo lado da Sabesp, foi analisada a necessidade de mudança tanto da tubulação da rede de esgotos como da rede de água.

Segundo as informações, a obra será rápida, com duração prevista de cerca de dois meses. As pontes teriam construção pré-moldada e andariam junto com os serviços das concessionárias.


Artigos Relacionados