Rede está desfalcada de merendeiras, mas Gilson não chama as aprovadas

Concurso está próximo de vencer e escolas precisam de pelo menos 20 novas merendeiras

Postado em: em Política

O vereador Adermis Marini (PSDB) quer informações do prefeito Gilson de Souza (DEM) sobre as convocações de merendeiras aprovadas em concurso público municipal. 

O concurso foi realizado em 2016, na gestão do ex-prefeito Alexandre Ferreira (Solidariedade), que irá vencer no próximo mês de abril. "Sabe-se que há candidatos aprovados no concurso mas que, até hoje, não foram convocados", disse Adermis.

O tucano disse que, entre maio e setembro de 2016, apenas quatro profissionais foram chamadas para assumir o cargo. Depois disso, nenhuma outra convocação foi efetivada.

"O curioso é que, documento que me foi entregue, datado de 31 de maio de 2017, aponta que a Prefeitura necessitava, então, de aproximadamente 20 merendeiras. Além dessas, era preciso convocar outras seis para substituir profissionais que se aposentaram ou faleceram, contratação prevista pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Atualmente, a demanda deve ser ainda maior. Todavia, não houve mais merendeiras convocadas após setembro de 2016", detalhou o vereador do PSDB.

A falta de recursos dos cofres da Prefeitura pode ter relação com a falta de contratações, uma vez que a Prefeitura encerrou o ano passado com déficit financeiro. "Se as candidatas estão aptas a assumir a função, se há demanda e se existe possibilidade legal de contratação, gostaríamos de saber quais os motivos que impedem a convocação das merendeiras", cobrou Adermis.


Artigos Relacionados