Radialista critica Frente Parlamentar e chama Corrêa de plagiador

Vereador incentivou criação de frente em prol do calçado, ideia que já havia sido dada pela candidata Graciela

Postado em: em Política

​O radialista e comunicador via redes sociais, Marcelo Bomba, teceu duros comentários, nesta quarta-feira, contra a frente parlamentar criada na Câmara do Vereadores, que ele considera sem forças para agir, e o "mentor" da frente, o vereador Corrêa Neves Júnior (PSD), a quem chamou de plagiador.

Sobre a frente parlamentar, Marcelo Bomba, que já foi candidato a prefeito, afirmou que a essa altura ela não tem propósito. "O vereador Corrêa Neves Júnior propôs a tal da frente parlamentar a respeito do setor calçadista. O que vão fazer nesse momento se as fábricas já foram embora? Tinham que ter feito antes", criticou Bomba.

O radialista afirmou ainda que a frente parlamentar foi uma ideia plagiada da candidata a deputada estadual, Delegada Graciela.

"Sei que minha querida amiga Graciela esteve no grupo de comunicação dele dando uma entrevista e ela falou que, caso seja eleita, vai propor uma frente parlamentar na Assembleia Legislativa. Ela terá poder para isso, porque a questão do ICMS é estadual. O governador precisará de apoio. Lá, sim, tem poder de frente parlamentar", afirmou Marcelo Bomba, que seguiu com as críticas ao vereador.

"Vou dizer que o vereador plagiou, para ser um pouco mais elegante. Mas eu gosto de ir no popular, que o povo entende. Quando as indústrias se foram, ninguém fez nada. Quando avisei, duvidaram de minha palavra. Agora quer abrir frente parlamentar plagiando a Doutora Graciela? É brincadeira", concluiu Bomba.


Artigos Relacionados