​Radares de velocidade de São Paulo passarão por fiscalização do IPEM

Muitos francanos, não acostumados com os radares, voltam da Capital com multas de trânsito

Postado em: em Trânsito

Muitos motoristas francanos que não são acostumados a dirigir em São Paulo, voltam da Capital com uma pesada lembrança: as multas de trânsito sofridas por falta de conhecimento da intensa fiscalização que é realizada naquela cidade.

A maioria delas é por excesso de velocidade, mas há também outras que fogem do dia a dia dos motoristas de Franca, como as faixas exclusivas de ônibus e o rodízio de placas durante os horários de pico nos dias úteis.

“Eu tomei duas multas na marginal do Tietê porque o radar acusou que eu estava a 75 km/h na chamada pista local, que pode andar a 60 km/h. Mas tenho certeza que não estava nessa velocidade”, afirmou o técnico em informática Rodrigo Ferreira, que viaja para São Paulo uma vez por mês, de carro, para buscar peças.

Para tirar as dúvidas de Rodrigo e de outros motoristas, o Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (IPEM) vai verificar os radares instalados nas os radares instalados na Zona Leste e a Zona Sul da capital paulista.  

Diariamente, o Instituto verifica os radares de velocidade em todo o Estado de São Paulo, conforme a Portaria Inmetro 544/2014, é obrigatória a aferição uma vez por ano ou toda vez que o equipamento passar por reparo.

A aferição no radar leva de 20 minutos até uma hora. A ação envolve os fiscais do IPEM-SP, equipe da empresa responsável pelo radar e agentes de trânsito. Para evitar acidentes, na ocasião fica impossibilitada a passagem na via pelos pedestres e veículos.

Caso o equipamento seja aprovado, recebe um certificado válido por um ano. Quando há reprovação a empresa fabricante é notificada a corrigir o erro. Em caso de excesso de velocidade, para aplicação de multas, o equipamento precisa estar verificado pelo IPEM-SP.

A verificação vai acontecer na Avenida Nordestina, próximo do número 6800; na sequência na Rua Damásio Pinto, próximo do número 294; e na Rua Sabbado D’Angelo, número 1980, na zona leste da capital.

Já na Zona Sul, os radares serão verificados nas Avenidas Pedro Álvares Cabral, sentido centro-bairro, próximo do Viaduto General Marcondes Salgado; na sequência, na Avenida Ibirapuera, sentido bairro-centro, próximo da Avenida Moaci; e na Avenida Brigadeiro Faria Lima, sentido Pinheiros-Itaim.


Artigos Relacionados