Mapas mostram primeiras chuvas na região central a partir de 20 de setembro

Bloqueio atmosférico persiste por mais uma semana, depois PR, MS, SP e Sul de Minas terão boas chuvas

Postado em: em Tempo

As previsões meteorológicas do Inmet trazem boas notícias não só para produtores rurais como para a toda a população, que vem sofrendo com o calor e tempo seco em muitas regiões do Brasil.

Os dados do Inmet indicam uma mudança nos volumes de chuvas para acontecer na região Sul, principalmente no Paraná e também na região Central do país. Produtores da região aguardam as chuvas para iniciar o plantio da soja. 

Apesar da boa notícia, os produtores ainda enfrentarão mais uma semana de tempo seco em todo o país, inclusive no Paraná. "Agora já apresenta na atmosfera uma melhor condição de chuva pro Paraná e chuvas significativas, devendo ocorrer já no final na outra semana", explica Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet. 

Esta semana será novamente marcada por estiagem, altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar. 

Ele explica ainda que os produtores enfrentarão mais esse período de seca, devido um bloqueio na atmosfera que não deixa a frente fria avançar na região. Nos próximos dias podem ocorrer pequenas chuvas no litoral de São Paulo, podendo ocasionar quedas nas temperaturas. 

Com cidades há quatro meses sem chuva, a região do café, em Minas Gerais, também volta a ter chuvas a partir do dia 23 de setembro. Os cafeicultores aguardam as condições climáticas para que o início da florada aconteça e poder avaliar qual o tamanho da carga de produção. "Vai ter boas chuvas e deve dar pelo menos quatro dias de chuvas. Vai ter chuvas na faixa de 50, 70 a 100 milímetros", explica. 

Últimos dias

Nos últimos dias não foram registradas chuvas significativas em grande parte do país. Segundo o Inmet, as regiões Sul e Sudeste do Rio Grande do Sul teve as chuvas mais significativas, entre 80 a 100 milímetros. O Leste da Bahia, assim como alguns pontos de Sergipe e Alagoas registraram chuvas de 40 a 60 milímetros. 


Artigos Relacionados