Prefeitura de Ribeirão Preto confirma 1º caso de sarampo em 10 anos

Segundo secretaria de Saúde, paciente contraiu a doença no Líbano durante atuação em atendimentos humanitários

Postado em: em Cidades

A Prefeitura de Ribeirão Preto confirmou nesta quarta-feira, 11 de julho, o registro de um caso de sarampo, ocorrido em abril deste ano. Segundo a Secretaria de Saúde, a pessoa, que atua em atendimentos humanitários, contraiu a doença no Líbano. Não foram informados mais detalhes sobre o caso.

Há dez anos o município não registrava casos da doença. De acordo com a Secretaria, ações de bloqueio foram realizadas, mas o risco de reintrodução do vírus ainda é considerado alto, uma vez que ele circula na Europa, em especial na Rússia.

Na última segunda-feira, 09 de julho, dois casos foram confirmados no Estado do Rio de Janeiro. As amostras dos pacientes foram analisadas pela Fiocruz, laboratório de referência do Ministério da Saúde.

Em 2016, a Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu um certificado de eliminação da circulação do vírus no Brasil.

Os sintomas da doença são manchas avermelhadas na pele, manchas brancas na parte interna das bochechas, febre, tosse, mal-estar, conjuntivite, coriza e perda de apetite.

Para garantir que mais casos não venham a ocorrer em Ribeirão Preto, a Secretaria de Saúde vai intensificar a campanha da vacina tríplice viral.

Entre os dias 16 de julho e 03 de agosto, pessoas com idade de 5 a 29 anos e que tenham menos de duas doses da vacina poderão ser imunizadas.

De 6 a 31 de agosto, crianças com idades de 1 a 5 anos devem receber uma dose da vacina tríplice viral. A mobilização nacional acontece no dia 18 de agosto.

Profissionais que trabalham em aeroportos, rodoviárias ou em serviços hoteleiros, e demais pessoas que tenham contato frequente com viajantes também devem buscar as salas de vacinação para serem imunizados.


Artigos Relacionados