Prefeitura anuncia obras de manutenção em prédio da antiga Mogiana

Amigos da Estação se mobilizou e conseguiu as melhorias elaboradas pela secretaria de Planejamento Urbano

Postado em: em Obras

A Prefeitura de Franca anunciou para os próximos dias, em conjunto com um grupo de moradores denominado Amigos da Estação, uma operação que objetiva levar adiante um projeto de obras de manutenção, pequenos reparos e pintura geral do prédio da antiga Mogiana. Esse prédio é tombado pelo Comdephat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico do Município), desde agosto de 1997 (Decreto 7.420). O colegiado foi consultado recentemente a respeito e se manifestou favoravelmente, com pequenas sugestões à proposta elaborada pela secretaria de Planejamento Urbano.

A condução das benfeitorias programadas será feita pela Divisão de Cultura, com a participação direta do grupo Amigos da Estação, que conseguiu e contribuirá com o material necessário e a mão de obra para a revitalização. Haverá o acompanhamento de um profissional técnico para que as obras obedeçam ao plano de trabalho elaborado e que teve o aval do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico.

O prédio da antiga Mogiana é um importante patrimônio da cidade, construído em 1939, e as obras para manutenção eram uma necessidade antiga, que foi conquistada pela mobilização dos moradores da Estação, que estão sensíveis a causa. A linha férrea que precedeu ao prédio nas condições em que se encontra hoje, foi inaugurada em abril de 1887, com um pequeno prédio que servia como ponto de embarque e desembarque.

Localizado em frente à Praça Sabino Loureiro, o prédio da Mogiana conta com fachadas e acessos pelas Avenidas Frei Germano e Integração, e abriga diversos equipamentos públicos, como Biblioteca Sucursal, Acessa SP de Inclusão Digital, Cartório Eleitoral e um escritório de uma empresa de transporte intermunicipal.

O trecho da linha férrea em Franca com passageiros deixou de circular em fevereiro de 1977 e em 1980, passou o último trem de carga. Em 1988, seus trilhos foram removidos e transferidos para a linha do Vale do Bom Jesus, no município de Pedregulho. A Divisão de Cultura deve confirmar a data de início dos trabalhos na próxima semana, com a participação dos voluntários envolvidos, representantes do Comdephat e da administração municipal.


Artigos Relacionados