Prefeito de Ribeirão Preto foi conhecer modelo de gestão fiscal de Goiânia

Plano de modernização da previdência social dos servidores de Goiânia pode servir de exemplo para Franca

Postado em: em Política

O prefeito Iris Rezende recebeu, nesta terça-feira (14/05), no Paço Municipal, o prefeito de Ribeirão Preto (SP), Duarte Nogueira (PSDB). 

Ele foi conhecer de perto o plano de modernização da previdência social dos servidores de Goiânia que se tornou referência para as demais cidades do país. 

O próprio Ministério da Economia recomenda conhecer a experiência da capital goiana.

É o segundo município de São Paulo a visitar o Paço Municipal. 

No dia 28 de março deste ano, Iris recebeu em seu gabinete uma comitiva de Campinas, liderada pelo vice-prefeito, Henrique Magalhães Teixeira. 

Atualmente, Goiânia é a única capital do País com saldo positivo entre receitas e despesas. 

O prefeito Iris Rezende explica que os resultados de hoje só foram possíveis “após muito empenho da equipe na aplicação do ajuste fiscal e no plano de modernização da previdência”.

O prefeito de Ribeirão Preto, Antônio Duarte Nogueira Júnior, é engenheiro agrônomo e, em 2013, foi eleito presidente do PSDB de São Paulo. 

Os dois municípios paulistas que se interessaram pela experiência de Goiânia são conhecidos pelo elevado índice de desenvolvimento.

Além da importância econômica, Ribeirão Preto é relevante centro de saúde, educação, pesquisas, turismo de negócios e cultura. 

Já Campinas é a 10ª cidade mais rica do país, responsável por pelo menos 15% de toda a produção científica nacional, sendo o terceiro maior polo de pesquisa e de desenvolvimento brasileiro. 

Os dirigentes paulistas tomaram conhecimento da série de medidas que permitiram a redução do déficit e a recuperação fiscal do município goiano.

Ao elevar a nota de Goiânia junto à Secretaria do Tesouro Nacional, de C para B, o prefeito Iris Rezende passou a ser reconhecido nacionalmente como exemplo de gestor capaz de reequilibrar as contas públicas do município, comprometidas pelos rombos gigantescos herdados de gestão anterior.

Depois de assumir com um rombo próximo a R$ 1 bilhão em dívidas imediatas, um déficit mensal de cerca de R$ 31 milhões e uma folha da saúde em aberto, Iris Rezende hoje comemora a estabilidade financeira e fiscal do município.

O sucesso das medidas chama atenção dos demais municípios brasileiros que enfrentam crises fiscais semelhantes. 

No encontro com o prefeito da cidade paulista juntamente com sua equipe de finanças, Iris narrou o reequilíbrio nas contas públicas. 

A gestão emedebista está entre as poucas cidades do Brasil com mais de 1 milhão de habitantes que apresenta superávit orçamentário e que aplica mais de 20% da receita corrente líquida em ações e serviços públicos de saúde.

Com a elevação da nota da capacidade de pagamento (Capag), a Prefeitura de Goiânia está apta a contrair empréstimos com aval da União até o limite de R$ 4,5 bilhões. 

O prefeito Iris Rezende já anunciou o lançamento de quase R$ 1 bilhão em obras para os próximos meses, a maioria de infraestrutura e mobilidade urbana, além da retomada de 12 Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis), cujas obras foram abandonadas pela gestão anterior.


Artigos Relacionados