Pelo 5º ano consecutivo, São Paulo fica em 1º no Ranking de Competitividade

O bom desempenho do Estado foi puxado pela liderança nos pilares de Educação, Infraestrutura e Inovação

Postado em: - Atualizado em: em Economia

São Paulo ficou em primeiro lugar na edição 2019 do Ranking de Competitividade dos Estados, ferramenta de avaliação da gestão pública desenvolvida pelo CLP - Liderança Pública com o intuito de prover diagnósticos sobre destaques e desafios enfrentados por áreas essenciais da administração pública. O bom desempenho do Estado foi puxado, principalmente, pela liderança nos pilares de Educação, Infraestrutura e Inovação, e pela segunda colocação em Potencial de Mercado e Sustentabilidade Ambiental.

De acordo com a análise feita pelo CLP - Liderança Pública, São Paulo conta com um conjunto de fatores positivos que favorecem o seu desenvolvimento e garantiram a primeira colocação pelo quinto ano consecutivo. Dentre esses fatores destacam-se a alta acessibilidade dos habitantes do estado a serviços de telecomunicação, baixo custo dos combustíveis no estado, alto acesso e baixo custo da energia elétrica fornecida aos habitantes, além da boa qualidade das rodovias estaduais.

Além disso, São Paulo também é destaque com sua performance no pilar de Educação. Com o melhor desempenho do Brasil no IDEB e ENEM, o estado é a unidade da federação que mais oferece oportunidades aos seus estudantes. Ele também apresenta alta parcela da população de 15 a 17 anos frequentando o Ensino Médio (80,90%) e possui a melhor taxa de atendimento do ensino infantil do país.

Em outros pilares, como Eficiência da Máquina Pública e Sustentabilidade Social, apesar de ter tido pequena queda (3° para 5° no primeiro e 3° para 4° no segundo), a performance mantém-se boa. Importante ressaltar que uma máquina pública eficiente é capaz de maximizar o bem estar social dos seus habitantes ao permitir, por exemplo, acesso a serviços públicos de qualidade.

No entanto, o Estado também enfrenta desafios, como no pilar de Solidez Fiscal (caiu duas posições, de 12º para 14º). Analisando a fundo este pilar, notamos que o estado não possui grande capacidade de investimento, tem um déficit nominal elevado, possui alta dívida e aloca alta quantidade de receitas para custear a máquina pública estadual.

Os resultados completos do ranking estão disponíveis no site: www.rankingdecompetitividade.org.br/

Sobre o ranking

O Ranking de Competitividade dos Estados é uma das principais ferramentas de avaliação da gestão pública do Brasil e busca pautar a atuação de líderes públicos em dez áreas-chave (Sustentabilidade Ambiental, Capital Humano, Educação, Eficiência da Máquina Pública, Infraestrutura, Inovação, Potencial de Mercado, Solidez Fiscal, Segurança Pública e Sustentabilidade Social). Disponível numa plataforma online, o ranking traz um diagnóstico completo das performances estaduais em 69 indicadores distribuídos pelas áreas-chave.

Sobre o CLP

O CLP - Liderança Pública é uma organização sem fins lucrativos e suprapartidária que engaja a sociedade e desenvolve líderes públicos para enfrentar os principais problemas do Brasil. Focado no desenvolvimento de lideranças e na aprovação de mudanças estruturais para o desenvolvimento do país, o CLP atua com diversos setores buscando transformar o Brasil em articulação com a sociedade. 


Artigos Relacionados