Peeling químico é alternativa eficaz para quem deseja uma pele bonita e saudável

Realizado com ácidos, o peeling químico chega a usar de três a seis tipos diferentes em uma única sessão

Postado em: em Mais+

Que pessoa em sã consciência não deseja obter uma pele lisinha, sem manchas, sem rugas, sem cicatrizes de acne, ou seja, uma pele perfeita? Cada vez mais vaidosos homens e mulheres investem em alternativas para driblar a ação do tempo e uma das opções muito procurada em Franca é o peeling químico. “Quando as pessoas conhecem a técnica, se apaixonam pelos resultados rápidos e duradouros”, observa a fisioterapeuta Flaviane Silva, da Krishina Terapias Holísticas.

Realizado com ácidos, o peeling químico chega a usar de três a seis tipos diferentes em uma única sessão. Eles possuem funções desde a retirada da camada morta superficial da pele, controle da oleosidade e profunda hidratação. “Durante o tratamento, além dos ácidos, usamos produtos para hidratar a pele e chegar ao resultado esperado”, diz a fisioterapeuta, lembrando que a pele deve ser cuidada todos os dias e é imprescindível o uso do protetor solar repassado de duas em duas horas.

O tempo da sessão depende da quantidade de ácidos usados e da tolerância e sensibilidade de cada um. Nenhum tratamento é igual, mesmo que já tenha um protocolo pronto, pois cada pele reage de um jeito. Em média a duração é de uma hora, mas pode chegar até duas horas. “Em caso de pele ressecada é necessário hidratar a pele antes da aplicação do ácido”, destaca Flaviane. O intervalo entre as sessões varia de uma a três semanas, dependendo da reação da pele, da sensibilidade e de acordo com o ácido usado.Os ácidos usados no peeling químico também têm eficácia no tratamento de celulite e flacidez.

Flaviane diz que a procura pelo peeling químico é grande em razão dos resultados rápidos e duradouros

O resultado é a renovação celular, de colágeno e elastina, a pele fica viçosa, com brilho. Reduzem linhas de expressão e as rugas; melhora o aspecto da pele, dando a impressão do toque de veludo; previve o aparecimento de linhas de expressão, acne e cravos, promove um lifting, tanto na face quanto nos glúteos. As estrias ficam mais finas, quase não aparecendo e auxiliam no tratamento de celulite. “Quem segue nossas indicações com o home care, como o uso de filtro solar, pele hidratada e cuidada, o resultado dura meses. Nos casos de acne, muitas vezes o resultado é permanente, ficando a manutenção a cargo do cliente”, diz.

Tantos benefícios hoje estão mais acessíveis ao bolso dos francanos. Segundo Flaviane, uma sessão de limpeza simples de pele chega a R$ 80, enquanto as sessões mais elaboradas variam de R$ 100 a R$ 120.

Os tipos de peeling

Os peelings são técnicas não invasivas e de dois tipos: químico e mecânico ou físico. O peeling químico tem como veículos ácidos que são combinados de acordo com o intuito do tratamento. Peelings mecânicos ou físicos são realizados com aparelhos como o de diamante e o cristal. Neste tipo existe um atrito na pele, promovendo a microdermabrasão. Os dois tipos buscam o mesmo resultado, renovar a pele. Nos dois processos a camada mais superficial da pele ou camada morta é retirada para que uma nova pele seja formada, renovada e nutrida. “Por isso é tão importante continuar o tratamento em casa, nutrindo e hidratando a pele”, esclarece Flaviane, acrescentando que o uso do protetor solar é imprescindível, em ambos os tratamentos.

As vantagens e desvantagens se dão somente ao aspecto da pele ao final da sessão, pois no peeling mecânico a descamação é praticamente imediata e observa-se uma vermelhidão. No peeling químico a descamação é mais lenta, menos desagradável e a vermelhidão é evitada. “Ou seja, ambos são ótimos e os resultados são obtidos com sucesso”, diz.

NO FOCO

Flaviane Silva – Fisioterapeuta

Krishina Terapias Holísticas

Telefone (16) 9.9136-2369



Artigos Relacionados