Partido Novo de Franca promove nesta terça-feira, 30, "Mulheres Na Política"

Encontro acontece a partir das 19h, ano Empório Mogiana e visa mobilizar a mulher em torno da políitica

Postado em: - Atualizado em: em Política

​Com o slogan, “quando uma mulher entra na política, muda a mulher, quando várias mulheres entram na política, muda a política”, o Partido Novo de Franca organiza nesta terça-feira (30), no Empório Mogiana, às 19 horas, o evento, "Mulheres na Política". O encontro dará continuidade a uma série de ações organizadas pelos filiados francanos com objetivo de expandir o partido na cidade e, assim, montar o diretório municipal.

Para enriquecer a discussão, a organização do evento convidou a coordenadora dos núcleos regionais do estado de São Paulo, Carla Tancredi. Há dois anos no partido, Tancredi falará sobre os princípios e valores do Novo, a situação atual do partido e os planos de expansão, e da cota de 30% de mulheres candidatas exigida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as eleições.

“A presença da mulher na política é algo fundamental para o fortalecimento da democracia e o Novo sempre proporcionou espaço e oportunidades para as mulheres atuarem integralmente sem nenhuma distinção de gênero”, disse Carla. Ainda, segundo a coordenadora, “mesmo que a passos lentos” as mulheres vêm conquistando grande espaço como candidatas, militantes e eleitoras, por isso, a importância de trazer a discussão para uma cidade do tamanho de Franca.

Após a apresentação do partido e discussão dos temas acima expostos, as cidadãs francanas poderão tirar suas dúvidas sobre o partido e também se filiarem. “Espero que o evento, em Franca, desperte ainda mais a curiosidade e interesse na participação das mulheres na política e que, futuramente, a cidade possa ter um diretório municipal para terem ainda mais espaço nas ações locais”, concluiu Carla.

Sobre o evento:


O evento é aberto para todas as mulheres francanas que tiverem interesse em conhecer o Partido Novo.

O Empório Mogiana fica à Rua Estevão Leão Bourroul, 1964, Centro.

Por: Germano Martiniano (GM Comunicações WEB)


Artigos Relacionados