Para alegria da mulherada, quadril "reto" pode ser remodelado com cirurgia

Lipoenxertia utiliza a gordura do próprio paciente para preencher a região dos glúteos

Postado em: em Mais+

​Você tem um quadril "reto", como se a lateral do bumbum fizesse uma curva para dentro? Pode ser uma depressão trocantérica, característica de ordem genética em que é possível visualizar um sulco no glúteo feminino, que varia de acordo com a posição da mulher em pé.

A depressão trocantérica é mais comum em pessoas magras. A reclamação mais comum no consultório é que o glúteo está irregular e com menor tamanho, sem gordura na lateral.

Mas esse desnível pode, sim, ser atenuado. Para isso, recomendamos a lipoenxertia,  procedimento que usa a gordura do próprio paciente, geralmente retirada do abdômen, cintura ou costas para preencher, ou seja, ocupar o espaço em depressão nas laterais glúteas, e assim atingir o formato arredondado. Em uma visão geral, o bumbum ganhará forma, com mais firmeza e volume. De forma criteriosa, após a remoção essa gordura é tratada, com a eliminação de toxinas e enzimas.

O resultado tem o propósito de ser definitivo e natural, o grande ideal de qualquer procedimento que busque a beleza da forma corporal. Assim podemos assegurar que o preenchimento é a técnica mais indicada, porque modela a área de acordo com as necessidades de cada paciente, moldando as curvas que proporcionam a melhor harmonia corporal. E o que é melhor ainda, todo o procedimento é realizado sem cortes e cicatrizes, sendo feito em ambiente ambulatorial, sob anestesia local.

É válido ressaltar que a correção do desnível na lateral glútea com o implante de próteses de silicone não é recomendado, pois os resultados não são efetivos e direcionados para esse fim. A fixação correta não acontece contemplando a simetria de ambos os lados. Além disso, o local da prótese nos glúteos é único e intransponível. Não pode-se colocar a prótese na lateral glútea ou onde desejar de maneira aleatória.


Artigos Relacionados