Ovos brancos ficam 20,5% mais caros nas cidades da região de Franca e RP

Aumento se dá devido a alta da saca de milho e até à volta às aulas, por conta do consumo para merenda

Postado em: em Economia

Os ovos brancos estão 20,5% mais caros na comparação com o mesmo período de 2019, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da USP.

Em 14 de fevereiro, a caixa com 30 dúzias era vendida em média a R$ 99,80 no estado de São Paulo, o maior valor desde que o levantamento passou a ser feito, em 2017.

Em relação aos ovos vermelhos, o aumento foi de 9,65%: a caixa com 30 dúzias era vendida em média a R$ 117,45 até 14 de fevereiro, enquanto no ano passado custava R$ 107,11.

Produtor na região de Franca e Ribeirão Preto, Lucas Wakiyama atribuiu o reajuste no preço dos ovos à alta no valor da saca de milho, já que o grão é base da alimentação das aves.

“A saca de milho subiu de R$ 35 para R$ 55. Isso atrapalha no sentido do custo, que encarece demais. O fato de ter subido tanto o preço dos grãos é que o milho é dolarizado”, afirmou.

Wakiyama explicou que a tensão entre Estados Unidos e China fez com que esse último país começasse a importar milho brasileiro, elevando o preço do grão no mercado interno.

“Nos outros anos, geralmente o preço começava a subir a partir da Quaresma. Mas, este ano, pelo fato de ter acontecido esse problema do aumento do custo, vai ser um ano atípico”, disse.

Segundo o Cepea, o fim das férias escolares também tem relação direta com o aumento no preço dos ovos, já que a merenda “absorve parte importante da produção”.

Nas feiras livres em Ribeirão Preto, a dúzia ficou R$ 0,50 mais cara nas últimas semanas. Com 40 anos de experiência, o feirante Claudinei Merino disse que o valor não deve subir mais.

“Se subir, não vai ser muita coisa, porque nesse último mês a cada semana teve um tipo de aumento. Então, acredito que não vá subir muito, não. Na Quaresma deve estabilizar”, finalizou.

Fonte: https://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2020/02/26/ovos-brancos-ficam-em-media-205percent-mais-caros-na-regiao-de-ribeirao-preto-diz-cepea.ghtml



Artigos Relacionados