Oprah Winfrey recebe Globo de Ouro pelo conjunto da obra e emociona em discurso

A atriz e apresentadora se tornou a primeira mulher negra a receber o troféu na cerimônia

Postado em: em Um Toque a +

Homenageada com o prêmio Cecil B. DeMille, pelo conjunto da obra, no Globo de Ouro 2018, neste domingo (07), Oprah Winfrey emocionou com um discurso poderoso. A atriz e apresentadora, que se tornou a primeira mulher negra a receber o troféu na cerimônia, falou sobre os recentes escândalos de assédio contra as mulheres em Hollywood, e homenageou Sidney Poitier, primeiro ator negro a ganhar o Globo de Ouro de Melhor Ator em 1964. “Em 1982, Sidney recebeu o prêmio Cecil B. DeMille aqui no Globo de Ouro, e eu sei que, neste momento, há algumas garotinhas assistindo eu me tornar a primeira mulher negra a receber esse mesmo prêmio. É uma honra – é uma honra e é um privilégio compartilhar a noite com todas elas e também com os incríveis homens e mulheres que me inspiraram, que me desafiaram, que me apoiaram e fizeram minha jornada até esse ponto possível”, iniciou Oprah.

Usando um vestido preto para apoiar a campanha “Time’s Up” contra o assédio em Hollywood, como a grande maioria das atrizes que foram à premiação, Oprah fez questão de falar sobre a coragem das atrizes que denunciaram casos de assédio. “Eu estou especialmente orgulhosa e inspirada por todas as mulheres que se sentiram fortes o suficiente e empoderadas o suficiente para falar e compartilhar suas histórias pessoais. Cada um de nós nesta sala é celebrado por causa das histórias que contamos, e este ano nós nos tornamos a história. Então, eu quero hoje a noite expressar gratidão a todas as mulheres que sofreram anos de abuso e agressão porque eles, como minha mãe, tiveram filhos para se alimentar e contas a pagar e sonhos para perseguir. São as mulheres cujos nomes nunca conheceremos. São trabalhadoras domésticas e trabalhadoras agrícolas. Elas estão trabalhando em fábricas, em restaurantes, estão nas universidades, engenharia, medicina e ciência. Elas fazem parte do mundo da tecnologia, da política e dos negócios. Elas são nossos atletas nas Olimpíadas e elas são nossas soldadas nas forças armadas”, discursos a apresentadora.

No final do discurso, Oprah ainda agradeceu a todos que a inspiraram de alguma forma em sua trajetória. “Entrevistei e retratei pessoas que resistiram às coisas mais feias que a vida pode oferecer, mas uma qualidade que todos parecem compartilhar é a capacidade de manter a esperança para uma manhã mais clara, mesmo durante as noites mais sombrias. Então eu quero todas as garotas assistindo aqui, agora, saibam que um novo dia está no horizonte! E quando esse novo dia finalmente amanhecer, será por causa de muitas mulheres magníficas, muitas das quais estão aqui neste auditório esta noite e alguns homens fenomenais, lutando para garantir que se tornem os líderes que nos levam ao tempo em que ninguém nunca mais terá de dizer ‘Eu também'”, concluiu ela.


Artigos Relacionados