​Museu da arte cênica de Franca registra a história do teatro amador paulista

Nomes expressivos da comunidade participaram da fundação e do fortalecimento do teatro amador

Postado em: em Cultura

Franca foi a primeira e ainda é a única cidade do Estado de São Paulo que concentra um acervo de documentos históricos dos pioneiros pela implantação do teatro amador no Estado.

Criado no ano de 2012, o MTAP -- Museu do Teatro Amador, ocupa uma sala especial no primeiro andar do Teatro Municipal “José Cyrino Goulart”,

As entidades culturais sem fins lucrativos, ICACESP -- Instituto Cultural de Artes Cênicas do Estado de SP -- e a FETANP  -- Federação de Teatro Amador do Nordeste Paulista --, através de seus membros, preocupados com preservação da história do teatro amador, resolveram instituir Franca como a guardiã de toda a documentação dos anos 60,70,80, 90 e as atividades atuais dos grupos amadores do Estado de São Paulo.

O objetivo do Museu é disponibilizar aos interessados em conhecer e pesquisar a história do teatro amador paulista através de arquivos de documentos digitalizados e exposições temáticas em Franca e nos Núcleos do ICACESP no interior do Estado, como: Ribeirão Preto, Descalvado, Sorocaba, São Paulo, Santos, Santo André, São Bernardo do Campo, Jaú, São Carlos, Presidente Prudente, São José dos Campos e Votorantim.

Franca tem em seus registros os períodos áureos das produções dos grupos teatrais e nomes de destaques. Dentre eles, os fundadores da FETANP, José Cyrino Goulart, Orlando Dompieri, Antonio Carlos Baldijão Seixas, Belmiro Arruda, os irmãos Vanderlei e Tadeu Faleiros, Ismael Gonzales, José Geraldo Rocha, Maura Mendes e mais próximo dos anos 80 e 90, os artistas Wagner Voss, Gaspar Batista dos Reis, entre dezenas de percussores do teatro em nossa cidade.

Em breve tudo isso estará disponível no Museu para pesquisas.

Atualmente, membros da Fetanp e uma Comissão de Curadores estão voluntariamente cuidando de todo processo de seleção das 160 caixas que dispõe o Museu, recebendo a Certificação do Conselho Administrativo do ICACESP.


Artigos Relacionados