Municípios do sudoeste de Minas discutem plano para avanço do turismo

A meta é gerar emprego e renda, além de incentivar a conservação dos recursos naturais

Postado em: em Turismo

Reunião realizada em Delfinópolis para fomentar o turismo regional mineiro

As discussões em torno do turismo regional tem ganhado fôlego entre os municípios do sudoeste mineiro. Eles integram o Circuito Turístico Nascentes das Gerais e Canastra.

Desde o início de 2019, os municípios de: Alpinópolis, Capitólio, Carmo do Rio Claro, Cássia, Claraval, Delfinópolis, Guapé, Ibiraci, Itaú de Minas, Passos, Pratápolis, São João Batista do Glória, São José da Barra, Piumhi, São Roque de Minas, Ilicínea,  Itapira e Vargem Bonita lutam por recursos e apoio do governo do Estado. 

Inclusive, os prefeitos traçaram os trabalhos de alinhamento e construção do plano estratégico de desenvolvimento do turismo regional.

A execução desse trabalho, que irá durar 10 meses, é desenvolvido com recursos de emenda parlamentar indicada pelo deputado estadual Cássio Soares, no valor de r$ 280.000,00.

No dia 14 de fevereiro, foi realizada reunião em Delfinópolis, com prefeitos e gestores municipais de turismo das cidades que compõem o circuito, para discutir e avançar na criação do plano.

A reunião teve como objetivo traçar as metas para criação da marca, já que o projeto consiste na realização de um trabalho de pesquisa para identificação dos atrativos dos municípios que compõem o circuito. 

A partir disso, cria-se uma identidade única com um plano de ação focado na atração de turistas e no desenvolvimento sustentável.

A meta é gerar emprego e renda, além de incentivar a conservação dos recursos naturais. Esse é um dos maiores projetos de place branding  já realizados no Brasil.

“Nesse início de atividades ouvimos de cada gestor quais os potenciais e as oportunidades turísticas de cada cidade, os desafios locais e aqueles que pedem uma solução regional.

"Assim passaremos um caminho nesse desenvolvimento” afirmou Daniel Guimarães, diretor da 2 DA Branding + Desing, empresa contratada pelo circuito para realização dos estudos e de desenvolvimento.

O trabalho é conduzido sob a supervisão do presidente do circuito, José Eduardo de Almeida, e do gestor Cléber Silveira. 

Com acompanhamento de todos os membros na ocasião, o secretário de turismo e prefeitos visitaram a casa do artesanato na sede do Cultura, em Delfinópolis, para conhecer o processo do artesanato com fio fibra de bananeira.

Empenhado em fazer o projeto dar certo, Cássio se reuniu por diversas vezes com o Secretário de Estado da Cultura e Turismo, Marcelo Landi Matte, e com participantes do circuito para estudar as ações necessárias para o avanço do plano. 

Autoridades dos municípios mineiros reunidas em Claraval

CLARAVAL 

No ano passado, em Claraval, as autoridades foram recebidas para conhecer o Mosteiro da cidade.

A reunião do Circuito Nascentes da Gerais e Canastra, foi no principal ponto Turístico de Claraval, que é o Mosteiro Cisterciense ( conhecido em vários lugares do Brasil). 

Os principais temas discutidos na reunião foram: Mapa do Turismo Brasileiro e Seminário Nacional de Governança para o Turismo, que acontecerá em Julho em Capitólio – MG, evento esse de magnitude internacional.

Além de representantes da área de Turismo de todas as cidades participantes, estavam presentes: o prefeito de Claraval, Luiz Gonzaga Cintra; o presidente do Circuito Turístico Nascentes das Gerais José Eduardo de Almeida; o prefeito de Piumhi, Deco do Stalo; a Alea (vice prefeita) de Vargem Bonita; e o padre Matheus, representante do Mosteiro Cisterciense.


Artigos Relacionados