Muito cuidado: golpe no WhatsApp oferece carteira de motorista por R$ 500

O Detran alerta que não existe possibilidade de comprar a CNH, embora se pague taxas para a habilitação

Postado em: em Tecnologia

​Um novo golpe no WhatsApp está fisgando pessoas que sonham em ter uma carteira nacional de habilitação (CNH). 

Na mensagem recebida através do aplicativo, alguém que se identifica como um profissional de um dos Centro de Formação de Condutores (CFCs) oferece a possibilidade de compra de carteira de motorista sem a necessidade de fazer nem as aulas nem a prova final.

O golpe se dá por meio de uma cobrança para a suposta emissão de documento. 

Como prova, os criminosos enviam uma imagem que simula ser o site da Autarquia, com a CNH sendo expedida.

Além do dinheiro, a vítima do golpe acaba enviando seus dados pessoais, como número do CPF, RG, filiação, etc.

Dessa forma, é possível que os estelionatários possam praticar outros golpes futuramente, até mesmo podendo usar seu nome para empréstimos e outros.

Os criminosos prometem a compra de carteira de motorista por um valor total de R$ 500, sendo que R$ 300 devem ser depositados na conta indicada pelo estelionatário para cobrir a suposta emissão do documento. 

Entretanto, após o pagamento da taxa, os criminosos simplesmente param de falar com a vítima.

Detran alerta 

O Detran alerta que não existe possibilidade de comprar uma CNH. Embora se pague taxas para a habilitação, é necessário assistir aulas teóricas e fazer uma prova teórica.

Após isso é necessário ter aulas práticas, em um carro pelas ruas da cidade, junto à um instrutor de trânsito, que é responsável por ensinar o aluno a dirigir, de acordo com as normas e leis de trânsito.

Após uma quantidade de aulas, pré-estabelecidas pelo Detran, o aluno vai passar por uma rigorosa prova prática. 

Nesse exame prático, muitas vezes os alunos são reprovados, e quando isso acontece, eles tem que fazer mais aulas práticas para tentar novamente passar pelo exame prático.


Artigos Relacionados