Mesmo com calor intenso, ar-condicionado pode ser um vilão para a pele

Apesar dos benefícios que o aparelho pode trazer, muitas pessoas não sabem que ele também prejudica nossa pele

Postado em: em Beleza


Com as altas temperaturas do verão brasileiro, é muito comum aumentar o uso de ar-condicionado seja em casa, no trabalho, no carro e, até mesmo, em ambientes que frequentamos como lojas e restaurantes. 

Apesar dos benefícios que o aparelho pode trazer, o que muitas pessoas não sabem é que ele também prejudica nossa pele, causando diversos danos.

Adélia Mendonça, especialista em dermocosméticos de alta performance, aponta que o ar-condicionado prejudica a pele porque tira a umidade do ambiente e devolve ar gelado, o que acaba causando o terrível ressecamento.

 “Os filtros absorvem sujidades que podem acabar poluindo o ambiente e sendo absorvidos pela pele. Por isso, a importância de manter os filtros limpos, e utilizar na pele produtos com ativos antipoluição”, ressalta.

Principais efeitos do ar-condicionado na pele

Como o ar-condicionado “rouba” a umidade do ambiente, ele causa muitos efeitos negativos na pele como:

- Prejudica a oleosidade natural, deixando a pele mais ressecada; 

- Causa vermelhidão;

- Coceira;

- A pele perde o brilho e fica com aparência opaca;

- Marcas de expressão;

- Envelhecimento;

- Descamação.

Como se proteger

Mendonça aponta que alguns cuidados devem ser tomados para que os efeitos sejam menores. “É importante usar hidratante facial e para as mãos diariamente. Também, aplicar hidratante labial para que a boca não fique rachada é muito importante, além de evitar banhos quentes e, claro, beber muita água”, explica.

Mesmo em ambientes fechados, o uso do protetor solar é indispensável. 

Atualmente, além de possuir uma ampla proteção UVA e UVB, que protege contra os efeitos nocivos do sol, os filtros solares também agregam diversos benefícios como ação antiligante, antioxidante, hidratação e antipoluição. Por isso, seu uso diário é primordial.

Cabelos

Além dos danos à pele, os cabelos também sofrem com os efeitos do ar-condicionado. Os fios ficam ressecados, opacos, com pontas duplas e há um maior risco de quebra. 

Para evitar os danos, é preciso beber muita água, hidratar e nutrir os cabelos com regularidade, devolvendo a eles sua oleosidade.

A especialista destaca que o protetor solar específico para os cabelos pode ser um grande aliado. “O uso do produto ajuda a evitar os danos causados pelo ar-condicionado já que ele previne o ressecamento, mantém a coloração e hidratação, além disso, ele ajuda a evitar a oxidação, o ressecamento e a opacidade. Ele também protege os fios e tem ação antipoluição”, finaliza.

Fonte: Jetss


Artigos Relacionados