Magazine Luiza lança plataforma para ajudar pequenos varejistas

"Parceiro Magalu" permite que pequenas lojas e autônomos possam vender seus produtos na internet

Postado em: em Economia


​A rede Magazine Luiza lançou uma plataforma para dar oportunidade e ajudar pequenos varejistas – que fecharam as lojas por causa do isolamento social – a venderem os estoques  parados e ganharem dinheiro.

O anúncio, feito no Instagram na quinta-feira (02) pela empresária Luiza Trajano, é uma iniciativa empresarial que mostra como agir com criatividade diante da crise imposta pelo coronavírus.

Na transmissão, ela explicou como funciona a plataforma chamada Parceiro Magalu.

“Para os pequenos lojistas e pequenos empresários, é só vocês [entrarem] no ParceiroMagulu.com, que vocês vão poder rapidamente, com o passo a passo que tem lá, levar sua loja para a internet, num lugar que é muito visitado, que é o Magalu". 

"Então vocês vão fazer parte do Magalu e vão poder vender os seus produtos”, ensina.

Autônomos

Luiza Trajano lembra que oportunidade também vale para trabalhadores autônomos, que poderão trabalhar em casa e receber comissão.

“Para os autônomos que estão sofrendo, vocês podem ser vendedores do Magazine Luiza aí dentro da sua casa". 

"Na plataforma ParceiroMagalu, vocês vão poder se inscrever e vender qualquer produto que o Magalu vende… e ainda ganhar uma comissão”.

Não é difícil

Para quem não sabe usar a internet para vender e acha difícil mexer no digital, Luiza explica:

“Vocês vão aprender a mexer com digital, aprender a baixar sua loja e o autônomo vai poder vender para parentes, amigos… poder ganhar um dinheirinho e baixar seu estoque".

"Vocês vão aprender a mexer e vão falar: ‘bem que a Luiza falou que era mais simples do que eu pensava’”, convidou.

Otimismo

Sempre otimista, Luiza Trajano também deixou na transmissão uma mensagem de esperança.

“Minha gente vai passar esse momento! Vamos nos mover, vamos fazer coisas diferentes. Juntos nós somos mais fortes".

"Nós vamos sair bem disso. Nós já saímos de tantas crises, sei que esta é mais doída, mas nós vamos sair. Nós estamos com você!”, concluiu.



Artigos Relacionados