Loja investe na diversidade e coloca manequins com vitiligo e estrias nas vitrines

Intenção é provar que a beleza está em várias formas, não só no padrão imposto pela indústria da moda

Postado em: em Um Toque a +

O mundo está mudando e prova disso é a atitude da marca Missguided. Em busca de representar a diversidade feminina, a loja colocou em suas vitrines manequins de diferentes etnias e marcas de pele como estrias e vitiligo.

A intenção é provar que a beleza está em várias formas, não só no padrão imposto pela indústria da moda. Os manequins estão dispostos em duas lojas da rede na Inglaterra, uma em Londres e outra em Kent.

As imagens logo foram parar no Twitter e diversos usuários elogiaram a atitude da marca. “Manequins que se parecem com mulheres de verdade. Vocês arrasaram”, disse uma. “O fato de que a Missguided fez seus manequins mais realistas me faz amá-los mais”, apontou outra.

Mesmo mostrando essas diferenças, alguns usuários apontaram que a rede ainda precisa mudar o biótipo dos manequins, já que eles continuam com um tamanho irreal de corpo. Em maio de 2017, a Universidade de Liverpool concluiu que a média dos manequins femininos representam um tipo de corpo de “uma mulher radicalmente abaixo do peso”.

“O ideal supermagro incentiva o desenvolvimento de problemas de imagem do corpo entre os jovens. Precisamos mudar essa situação para reduzir a ênfase em valorizar a magreza extrema”, disse Dr Robinson, que conduziu o estudo.

Vale lembrar que no ano passado, a Missguided lançou uma campanha chamada Make Your Mark, enfatizando que nenhuma das nove modelos fotografadas tiveram as fotos retocadas. O cast contou com modelos, ativistas da imagem positiva do corpo e blogueiras, e foi realizada em dezembro.


Artigos Relacionados