Linha de crédito a pequenos empresários é aberta com juros de 2,5% ao ano

Financiamentos serão mais baratos que o atual custo de captação e oferecidos pelo governo federal

Postado em: em Economia

O governo anunciou nesta segunda-feira, 06 de abril, uma linha de crédito com recursos a juros de 2,5% ao ano a micro e pequenos empreendedores. 

Os financiamentos serão mais baratos que o atual custo de captação das instituições financeiras, uma vez que a taxa básica de juros, a Selic, está em 3,75% ao ano.

A iniciativa é mais uma do pacote que está sendo estruturado para oferecer alívio de caixa às empresas em meio à brusca queda do faturamento por conta do coronavírus. Ainda não há um prazo para o início dos empréstimos.

Qual o tamanho do programa? A medida deve disponibilizar R$ 6 bilhões em créditos.

Há limite para empréstimo? O limite de financiamento será de R$ 100 mil para capital de giro e de R$ 200 mil para investimentos, em ambos os casos com carência para o pagamento até o fim deste ano.


Como o dinheiro poderá ser usado? A proposta prevê que o crédito poderá ser utilizado para capital de giro e para investimentos.

Quem fará o empréstimo dos recursos? A verba será gerida pelos Fundos Constitucionais de Financiamento do Norte (FNO), do Nordeste (FNE) e do Centro-Oeste (FCO). 

A ideia é que os empréstimos sejam concedidos pelos bancos administradores dos fundos constitucionais –Banco da Amazônia, Banco do Nordeste e Banco do Brasil.

O que disse o Ministério da Economia: “As linhas são destinadas a atender aos setores produtivos, industrial, comercial e de serviços dos municípios com estado de calamidade pública reconhecido pelo Poder Executivo em decorrência da emergência de saúde pública relacionada à Covid-19”.

*6Minutos

(Com Reuters)


Artigos Relacionados