Jovem espera namorada se curar da Covid-19 sentado em frente à casa dela

O rapaz permaneceu, por várias horas todos os dias, sentado em frente à porta da amada, que estava isolada

Postado em: em Cotidiano

​Apesar de assintomática, Camila Baldasso, de 17 anos, recebeu o diagnóstico do novo coronavírus, que causa a Covid-19.

Isolada em casa, no Texas (EUA), ela recebeu todo o carinho do namorado, Collin Ouellette, 19, que deu uma verdadeira prova de amor.

O objetivo do rapaz era poder ficar perto da jovem, mesmo que separados pelas paredes da casa, a uma distância segura. 

A saga durou cerca de dez dias desde que receberam o diagnóstico. Segundo Camila, o jovem ficou arrasado e prometeu que ficaria ao lado dela o tempo todo.

E assim como prometeu, Collin cumpriu a promessa. Por algumas horas, Collin sentava em uma cadeira e seguia conversando à distância com a namorada. Levava também comida e jogos para mantê-la ocupada.

Após os 10 dias de recuperação, Camila refez os testes para Covid-19 e recebeu o resultado dias depois, confirmando que não estava mais com o vírus. 

No mesmo dia, ela deu a boa notícia ao namorado, que foi correndo ao encontro dela e os dois deram longos abraços.


Artigos Relacionados