IPT convoca empresas para participar de Projeto Cidades Inteligentes

A ideia é contribuir para a criar e desenvolver soluções inovadoras que possam ser aplicadas nos municípios

Postado em: em Desenvolvimento

O IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo) está fazendo um chamado para empresas e pessoas jurídicas interessadas em parcerias para o desenvolvimento de soluções inovadoras no âmbito do Projeto Cidades Inteligentes.

O projeto está entre os 12 aprovados pelo Conselho Superior da Fapesp (Fundação Paulista de Amparo à Pesquisa), com verbas destinadas aos institutos de pesquisa do Estado.

O IPT terá R$ 11 milhões para aplicar na iniciativa. A ideia é implantar, no campus do instituto, um ambiente para demonstração de tecnologias de cidades inteligentes, que possam servir de referência aos gestores públicos municipais em suas decisões.

De acordo com o edital publicado pelo IPT, as empresas interessadas estão convidadas a participar de um workshop no campus do instituto, para exposição, debate e detalhamento das atividades envolvidas. O evento vai acontecer no próximo dia 23 de janeiro, das 9h às 12h, no auditório do Núcleo de Bionanomanufatura, localizado no Prédio 50, do IPT.

São esperadas contribuições em temas que incluam:

A) Tecnologias aplicáveis ao ambiente urbano

- Inspeção de galerias pluviais;

- monitoramento móvel de poluição atmosférica;

- gestão de vagas públicas de estacionamento;

- monitoramento de ruído ambiental;

- drones e suas aplicações;

- prevenção de desastres naturais (inundações, alagamentos e deslizamentos)

- modelagem de informações de subsolo (GeoBIM);

- gestão de tráfego urbano;

- gestão de resíduos sólidos;

- Infraestrutura de redes digitais;

- Iluminação pública.

B) Tecnologias aplicáveis a edificações inteligentes

- monitoramento de recalques de edificações;

- aproveitamento da água de chuva;

- detecção e alarme de incêndio;

- monitoramento de utilidades (água, luz etc.);

- geração fotovoltaica de energia.

Maiores informações sobre os critérios para participação das empresas interessadas pelo site: www.ipt.br .


Artigos Relacionados