Inúmeros benefícios da musculação conquistam cada vez mais mulheres

Entre as vantagens da modalidade está a melhoria do sono, a queima da glicose e o emagrecimento

Postado em: em Mais+

Até bem pouco tempo, muita gente dizia que musculação era coisa de homem e que mulher quando malhava na academia não devia levantar peso nem fazer musculação, pois ficaria musculosa e isso fica feio em uma mulher.

Mas, atualmente, mais e mais mulheres estão praticando musculação. Na verdade, treinamento com resistência é a forma de exercício que mais cresce nos últimos anos. As mulheres estão incluindo em seu condicionamento físico, quase na mesma frequência que os homens, sessões de musculação. É o caso da vendedora Daiana Fonseca, 34 anos, que para eliminar 10 kg adquiridos com a gestação, decidiu encarar a malhação pesada. “Acabei me apaixonando pela musculação e há dois anos pratico todos os dias”, diz.

Segundo o educador físico Vinícius Cesar Peixoto, um dos mitos mais chatos sobre musculação para mulheres é a ideia de que treinar pesado vai transformar a moça delicada em um homem. “A mulher em geral não produz quantidades significativas de testosterona para aumentar consideravelmente a massa muscular. A musculação apenas vai realçar as curvas naturais, com aumento sutil na massa muscular”, explica.

E são vários os benefícios da musculação para as mulheres. Entre eles, a melhoria do sono. Vários estudos mostram que exercícios que queimam muitas calorias como a musculação podem melhorar a qualidade e duração do sono, até mesmo podendo substituir alternativas farmacológicas para alguns sintomas simples de doenças.

Foi justamente isso que Daiana percebeu logo de cara, assim que começou a praticar musculação com regularidade.Ela sofria com insônia há três anos, precisando em algumas situações recorrer a remédios. “Mas com a prática esportiva, meu sono se tornou regular e saudável”, comemora hoje, livre de medicamentos.

De olho nos ossos

Além disso, essa modalidade ajuda a emagrecer. A musculação além de modelar o corpo, o deixa mais definido. Esta atividade elimina a gordura e aumenta a massa muscular do corpo. “E assim os músculos se tornam mais resistentes”, esclarece Vinícius, acrescentando que a prática aumenta a massa magra. Portanto, há um aumento da capacidade de queima de gordura corporal, o que faz a mulher emagrecer.

Não bastasse isso, quando a mulher faz musculação, ocorre que quanto maior é a massa muscular, mais o organismo queima glicose (substância que em excesso no sangue causa o diabetes).

E à medida que as mulheres envelhecem, torna-se cada vez mais importante combater a osteoporose e fraqueza óssea, o que pode ser feito de forma eficiente através da prática de musculação. Para além disso, o aumento da massa muscular está também correlacionado com um aumento da massa óssea. “A prática de musculação é mesmo uma das poucas formas comprovadas de combater a osteoporose e manter o sistema muscular-esquelético saudável ao longo dos anos”, enfatiza o educador físico, com conhecimento de causa.

De modo geral, ele diz ser importante fazer uma atividade física que não traga apenas benefícios físicos, mas também mentais. “Pois é assim que a musculação atua no corpo. Ela ajuda a retardar o envelhecimento, melhora o sono, a postura, a flexibilidade, diminui a celulite (sim, diminui… mas olho na dieta) e claro, alivia o estresse e ajuda na regulação do ritmo cardíaco”, completa.

Depois desses motivos, que tal pensar na musculação com mais carinho?


Artigos Relacionados