Inauguração da nova Delegacia da Mulher de Franca é nesta terça, 26

O local vai proporcionar melhores condições de trabalho aos policiais e de atendimento ao público

Postado em: em Segurança

Com provável presença do governador do Estado, João Dória, Franca inaugura nesta terça-feira, 26 de novembro, em cerimônia programada para as 11 horas, a nova Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). 

O prédio está localizado no bairro São José, em um imóvel alugado pela Polícia Civil amplo e funcional, na rua Voluntários da Franca, 2557.

O local vai proporcionar melhores condições de trabalho aos policiais e de atendimento ao público, além de ter acessibilidade para pessoas com deficiência, contando ainda com um espaço anexo onde funcionará o Centro de Referência da Mulher, permitindo que tenham amparo social e psicológico, além de condições para cursos e capacitações, com uma equipe cedida pela Prefeitura de quatro profissionais.

O prefeito Gilson de Souza participa do ato, recepcionando o governador e todo o seu estafe, tendo a frente o secretário Estadual da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos, a empresária Luiza Helena Trajano, do grupo Mulheres do Brasil, entre outras lideranças locais e da região. A Delegacia de Defesa da Mulher funciona na cidade desde 1988.

O Governo do Estado investiu R$ 38,3 mil nas obras para acessibilidade, comunicação visual e aquisição de mobiliário. A DDM tem no seu comando a delegada Christina Bueno de Oliveira, sendo formada por uma equipe com três escrivães, cinco investigadores, um agente de telecomunicações e um agente policial. Recebe o reforço da psicóloga e assistente social da Prefeitura, e outros dois profissionais que auxiliarão no Centro de Referência da Mulher.

O projeto de mudança para a nova sede foi coordenado pela presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza e Líder do Grupo Mulheres do Brasil, Luiza Helena Trajano. A parceria permitiu pintura diferenciada e artes nas paredes realizada pelo artista Samuel Freiria, deixando o ambiente mais humanizado. 

Anexo à unidade especializada começa a funcionar também o Centro de Referência da Mulher, permitindo atendimento e acompanhamento psicológico e social especializado, aliado a oferta de oficinas e cursos profissionalizantes.


Artigos Relacionados