Governo de SP assina contrato para aquisição de 40 mil pistolas para a PM

Na ocasião, também foram entregues viaturas para reforçar a frota da Polícia Militar Ambiental

Postado em: em Segurança

O Governo do Estado de São Paulo assinou, nesta segunda-feira (14), contrato para aquisição de 40 mil pistolas semiautomáticas de calibre .40 e anunciou a compra de mais 10 mil armas para a Polícia Militar. 

A aquisição faz parte de um pacote de investimento de R$ 108.950.000 que inclui a compra de 1.000 fuzis calibre 7,62, 300 fuzis calibre 5,56, dois fuzis de alta precisão, dez metralhadoras leve e 1.000 armas de incapacitação neuromuscular, além de 500 escudos e 5,5 mil coletes balísticos.

“A nossa vantagem foi que, com o valor correspondente para aquisição de 40 mil armas, estamos comprando 50 mil. São 40 mil que já foram incorporadas e mais 10 mil, mantida a mesma condição de preço por arma", explicou Doria.

"Estamos adquirindo ferramentas de trabalho. Isso é um respeito ao profissional que passa a ter melhores condições de trabalho", disse o secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos.

Para a compra das 40 mil pistolas foram investidos R$ 35.674.400. Cada uma delas foi adquirida pelo valor unitário de R$ 891,86, o que representou uma economia total de cerca de R$ 53 milhões aos cofres públicos.

A aquisição foi realizada por meio de processo licitatório e teve como vencedora a empresa austríaca Glock. 

"É um avanço gigantesco. Não me lembro, em 35 anos de serviço, de uma aquisição tão robusta", destacou o comandante geral da PM, coronel Marcelo Vieira Salles.

As pistolas serão entregues em cinco lotes diferentes, com 8 mil armas em cada um deles. O primeiro deverá ser entregue em até 90 dias da assinatura do contrato e o último até o final do primeiro semestre do próximo ano.

O processo licitatório para a compra das armas seguiu a norma internacional AC/225/D14 da Organização do Tratado Atlântico (Otan) para armas leves, que incluiu testes de tiro, precisão e força da puxada de gatilho e queda, por exemplo.

Novas viaturas para a PM Ambiental

Na ocasião, também foram entregues 89 novas viaturas à Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo de um pacote de 152. Os outros 63 veículos serão entregues até novembro.  

"Somos uma instituição na linha de frente na preservação do meio ambiente", afirmou o coronel Salles."Essas viaturas farão a diferença no nosso policiamento", completou a coronel Flávia de Paula Santos, comandante da PM Ambiental do Estado.

A aquisição foi realizada pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Sima) por meio de um investimento total de R$ 16,8 milhões com o objetivo de reforçar a frota da PM Ambiental e, consequentemente, sua atuação na fiscalização às infrações contra o meio ambiente em todo o território Paulista.

"São viaturas novas e equipadas para dar toda a segurança à equipe da coronel Flávia, que têm feito um trabalho fantástico", falou Marcos Penido, que está à frente da Sima.

Do total dos veículos, 100 são do modelo Fiat Palio e 52 tipo pick-up, modelo Toyota Hilux. As novas viaturas serão destinadas aos quatro Batalhões de Policiamento Ambiental existentes no Estado.

“Com estes veículos, nós estamos ampliando a fiscalização ambiental para evitar desmatamentos, extrações ilegais e monitorar focos de incêndio e de conservação", ressaltou o governador.


Artigos Relacionados