Lipocavitação ajuda a eliminar indesejáveis gordurinhas localizadas

Procedimento estético utiliza aparelho de ultrassom para ajudar a destruir gordura localizada

Postado em: em Beleza

A lipocavitação é um procedimento estético que serve para eliminar gordura localizada na barriga, coxas, flancos e costas, através de um aparelho de ultrassom que ajuda a destruir a gordura acumulada.

Este procedimento, também conhecido por lipo sem cirurgia, não dói e ajuda a perder volume, ficando com um corpo mais modelado e definido, além de ajudar a melhorar o aspeto da pele e a diminuir a celulite e seus resultados vão surgindo progressivamente. Porém, embora seja um procedimento com poucos riscos, ele pode causar queimaduras na pele ou aumento do colesterol ruim.

Após cada sessão de lipocavitação, deve-se fazer uma sessão de drenagem linfática e exercícios físicos aeróbicos para garantir a eliminação da gordura, evitando, assim, que ela possa se depositar em outras áreas do corpo.

Resultados

Normalmente, os resultados da lipocavitação são vistos logo no primeiro dia de tratamento e ocorrem de forma progressiva e, normalmente é preciso pelo menos 2 e 3 sessões.

A lipocavitação elimina cerca de 3 a 4 cm logo no primeiro dia de tratamento e, em média, mais 1 cm em cada sessão. Após cada sessão é necessário praticar exercício físico e drenagem linfática até 4 horas depois.

A lipocavitação está indicada para:

- Eliminar gordura localizada na barriga, flancos, culote, coxas, braços e costas, que não tenham sido completamente eliminadas com a dieta e exercício;

- Tratar a celulite, pois "quebra" as células de gordura que forma os indesejados "furinhos".

- Modelar o corpo, perdendo volume e tornando-o mais esbelto e definido.

Entre cada sessão é preciso esperar quatro dias, para que a gordura seja eliminada totalmente do corpo através da urina e das fezes. 

Riscos da lipocavitação:

- Aumento do colesterol: ocorre devido ao fato da gordura que se solta ficar na corrente sanguínea e, para evitar isto, deve-se ter o cuidado de seguir uma alimentação com pouca gordura, para que a gordura que caiu na corrente sanguínea seja eliminada;

- Voltar a engordar: é preciso realizar alguma atividade física até 4 horas após o procedimento, caso contrário, ela será novamente depositada em outra região do corpo.

A lipocavitação não representa nenhum risco para a saúde quando é realizada corretamente e quando o indivíduo respeita suas contraindicações. No entanto, a técnica deve ter atenção à temperatura do aparelho para não provocar queimaduras.

Quantas sessões preciso fazer?

O número de sessões de lipocavitação a fazer vai depender do objetivo da paciente e da quantidade de gordura acumulada e, o número de sessões que varia entre 3 e 10, que devem ser realizadas no mínimo 2 vezes por mês.


Artigos Relacionados