Gabriel afirma que Timão vai precisar de paciência para jogo contra o Braga

Alvinegro precisa ganhar do Bragantino por 2 ou mais gols de diferença na quinta

Postado em: em Futebol

Na manhã desta terça-feira (20), no CT Dr. Joaquim Grava, o Corinthians deu sequência à preparação para enfrentar o Bragantino pela segunda – e decisiva – partida das quartas de final do Campeonato Paulista. O duelo acontece na quinta (22), às 20h, na Arena Corinthians. Após o treinamento, o volante Gabriel concedeu entrevista coletiva.

“Precisamos jogar melhor do que no último jogo. Muitas pessoas dizem que ‘’ah, perdeu o jogo’, mas o Corinthians vem bem, fazendo um grande campeonato. Não estávamos em um dia bom, mas isso faz parte. É mudar o que fizemos no último jogo, mas não o que vínhamos fazendo. A equipe está concentrada e com uma inspiração grande, pois sabemos que na nossa casa, com nossa torcida, temos totais condições de sairmos classificados”, comentou o camisa 5.

Após perder a primeira partida por 3 a 2, o Corinthians precisa agora ganhar do Bragantino por 2 ou mais gols de diferença para avançar à semifinal sem a necessidade da disputa de pênaltis. Com uma vitória simples do Timão, a decisão será nas penalidades máximas.

“Temos de ter paciência, mas não lentidão com a bola nos pés. Não podemos confundir, temos de ser dinâmicos. A torcida faz uma pressão muito grande, e pedimos a força da torcida nessa decisão. Precisamos impor nosso ritmo. E, lógico, não tentar lances forçados, que não vai conseguir. Temos 90 minutos para ganhar o jogo. Se for por um gol de diferença, vai para os pênaltis. Vamos tentar no tempo normal, mas se for para os pênaltis temos qualidade e confiança”, continuou o jogador.

“A torcida tem importância nesses jogos decisivos, haja visto nossa força no Brasileiro do ano passado. Acho que o Bragantino vai sentir mais a pressão da nossa torcida, que vai empurrá-los para trás, do que uma possível ansiedade nossa”, completou Gabriel.


Artigos Relacionados