Franca adere à campanha nacional Janeiro Branco sobre saúde mental

Campanha ocorre pela terceira vez no país e é um alerta para maiores cuidados com a saúde psicológica

Postado em: em Saúde

A partir de iniciativas como do Outubro Rosa, de prevenção ao câncer de mama, Novembro Azul, que aborda a temática da doença na próstata, este mês conforme denominação  feita pelos órgãos de saúde, acontece o Janeiro Branco, que busca convidar  a sociedade para uma reflexão sobre a saúde mental. 

E a secretaria Municipal de Saúde, por meio de seu Ambulatório principal, instalado no prédio anexo ao NGA, na Avenida Hélio Palermo está com suas equipes mobilizadas na difusão das ações desenvolvidas naquela repartição e demais, bem como das opções de atendimento que o município oferece.

A escolha do mês de janeiro e a cor branca não ocorrem por acaso. Elas foram feitas por profissionais que lidam diariamente com situações das mais diversas, as quais  destacam que por ser o começo de ano, janeiro é terapêutico por natureza, pois muitas pessoas estão descansando, com a mente livre e em busca de inspiração. E daí a oportunidade de estimular todo cidadão, jovens, adultos e os idosos, a pensarem no tema Saúde Mental e os sentidos do bem viver.

Com folhetos e lenços brancos distribuídos nas Unidades de Saúde em geral,  bem como aos usuários das repartições municipais, as equipes do Ambulatório de Saúde Mental de Franca estão empenhadas em chamar a atenção das pessoas  para essas questões de ordem psicológica-existencial. Também estão envolvidos o NAIA, CAPS-AD e demais unidades.

Mobilização na praça dia 20

Está organizada para o dia 20 deste mês de janeiro, na praça central, uma grande mobilização, com distribuição de materiais diversos, visando abranger um maior número de pessoas. Com isso, um dos objetivos da campanha, que é levar as pessoas a tomarem este primeiro mês como um ponto de partida e refletirem sobre as suas condições psicológicas e investirem em mais Saúde Mental em suas vidas em seu cotidiano, conseguirá ser amplamente divulgado.

Embora já esteja acontecendo em âmbito nacional pela terceira vez, em Franca é o primeiro ano que as equipes do Ambulatório de Saúde Mental se mobilizam e colocam o tema em evidência durante este mês. Mariana Ganzaroli de Brito, psicóloga e chefe da unidade de Franca, observa que o intuito é refletir sobre o assunto e tê-lo na mente o ano todo.

Dados nacionais também apontam que o mês de janeiro é um dos períodos de maior incidência das taxas de suicídio, depressão e ansiedade. 

Para saber mais e obter informações complementares, basta contatar o Ambulatório de Saúde Mental, pelo telefone 3705-2362, o NAIA, instalado no antigo Centro de Saúde, no centro e o CAPS-AD, na rua Cavalheiro Petráglia, na Estação, ao lado da UBS.


Artigos Relacionados