FGTS: Governo confirma saques das contas inativas e ativas todos os anos

Segundo o ministro, o valor a ser liberado deve alcançar R$ 42 bilhões, sendo R$ 30 bilhões em 2019

Postado em: em Economia

O​ ministro da Economia, Paulo Guedes confirmou que o governo vai liberar todos os anos saques de contas ativas e inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

A declaração de Guedes foi dada durante uma entrevista coletiva no Palácio do Planalto, logo após ter participar de uma cerimônia com o presidente Jair Bolsonaro sobre o mercado de gás natural.

“O governo passado soltou só [as contas] inativas. Nós vamos soltar ativas e inativas. Eles soltaram uma vez só, nós vamos soltar para sempre, todo ano vai ter”, declarou o ministro da Economia.

Segundo o ministro, o valor a ser liberado deve alcançar R$ 42 bilhões, sendo R$ 30 bilhões em 2019 e outros R$ 12 bilhões em 2020.

Dos R$ 30 bilhões previstos para este ano, R$ 28 deverão vir dos saques do FGTS e outros R$ 2 bilhões das contas do PIS/Pasep.

Antecessor de Bolsonaro, Michel Temer liberou o saque de contas inativas do FGTS durante seu governo. Os saques somaram R$ 44 bilhões.


Artigos Relacionados