Falta de documentação emperra criação do ramal de Franca do Caminho da Fé

Três municípios vizinhos precisam entregar documentos, efetivando o trecho na tradicional peregrinação

Postado em: em Religião

​ O ramal de Franca do Caminho da Fé, entre a cidade e o Santuário Nacional de Aparecida, em Aparecida (SP), está prestes a se concretizar. De acordo com a Associação Amigos do Caminho da Fé, falta apenas a documentação de três municípios vizinhos para a efetivação do trecho de peregrinação. As administrações das três cidades, segundo a Associação, se comprometeram a regularizar os documentos ainda na primeira quinzena deste mês.
    As responsabilidades que cabiam à Prefeitura de Franca estão todas cumpridas, mas a administração municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento, se comprometeu a se reunir com as cidades vizinhas, no intuito de colaborar para a agilização dos documentos. 
    “Nós fizemos questão de tomar a iniciativa, junto com os gestores do Caminho da Fé, de nos reunirmos com os representantes desses municípios e tomar todas as providências necessárias”, disse Maria Imaculada da Silva Ferreira, assessora da Secretaria de Desenvolvimento.
    O trecho do ramal de Franca do Caminho da Fé terá 18 km nas áreas urbana e rural francanas, até a divisa com Patrocínio Paulista. A Prefeitura já comprou os postes que receberão a sinalização do trajeto, que é de responsabilidade da Associação.
“Há muitos anos, Franca tentava participar do Caminho da Fé e a gente concretizou isso já no início do governo. A Associação surgiu em 2003 e, 15 anos depois, tive a honra de incluir nossa Franca neste importante projeto. Além do lado religioso, o Caminho da Fé vai contribuir com o turismo. E quando investimos nesta área, geramos mais negócios e empregos na cidade”, disse o prefeito Gilson de Souza.
    O ramal de Franca, além da cidade, passará pelos municípios de Patrocínio Paulista e Itirapuã, em São Paulo, São Tomás de Aquino, São Sebastião do Paraíso, Itamoji, Monte Santo de Minas e Arceburgo, em Minas Gerais. De lá, será interligado ao ramal de Mococa, já existente, até Aparecida.


Artigos Relacionados