Fagner comemora ida à Seleção e projeta jogo contra Deportivo Lara

Jogador exaltou a forma de jogo da equipe alvinegro como importante fator para sua convocação

Postado em: em Futebol

Após o treino da tarde desta segunda-feira (12) no CT Dr. Joaquim Grava, Fagner conversou com a imprensa em entrevista coletiva. Nesta manhã, o camisa 23 do Timão foi convocado pelo técnico Tite para defender o Brasil nos dois últimos amistosos antes da Copa do Mundo, contra Rússia e Alemanha, nos dias 23 e 27 de março, respectivamente.

“É importante estar nestes últimos amistosos. A gente sabe que não tem nada definido, só em maio mesmo. Importante trabalhar com eles, vivenciar esses dias, ter oportunidade. Fazendo um bom trabalho lá as coisas podem ficar mais próximas. Pelo outro lado, a gente sabe que vou perder jogos aqui. Fico triste por não estar presente, mas sei que o Mantuan vai entrar bem, como fez no fim de semana. Temos condições de ir longe, vou estar torcendo”, disse Fagner.

Sem esquecer do trabalho realizado diariamente no Corinthians, o jogador exaltou a forma de jogo da equipe alvinegro como importante fator para estar presente na Seleção Brasileira: “Estilo de jogo do Corinthians ajuda. Um time que joga junto, compacto, com funções definidas. Se não fossem meus companheiros, não teria chegado lá”.

Sobre o confronto contra o Deportivo Lara pela segunda rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores, na noite desta quarta (14) na Arena Corinthians, Fagner pregou respeito ao adversário.

“Amanhã, quando nos passarem as informações do time deles, vamos ter uma real dimensão. Não é time bobo, ganhou do Independiente. Temos que fazer um grande jogo, um jogo seguro, para aproveitar o fator campo”, completou o lateral.


Artigos Relacionados