Fafá de Belém apoia descriminalização do aborto e admite que já usou drogas

Ao perceber que estava sendo tragada pela cocaína, ela decidiu parar e nunca mais usou drogas

Postado em: em Um Toque a +

A entrevista da cantora Fafá de Belém, de 62 anos, no programa “Conversa com Bial” virou notícia nesta semana pelo fato da famosa ter feito várias revelações e opinado sobre diversos assuntos polêmicos.

Na atração de Pedro Bial, de 60 anos, a artista disse que é a favor da descriminalização do aborto. “Nenhuma mulher faz um aborto porque quer. Logo após Mariana nascer, eu não tinha condições físicas de ter outro filho. Engravidei, perdi a criança e fiquei um mês muito mal. Imagina uma menina estuprada ou que não tem condição de ter um filho. É preciso descriminalizar e ter um atendimento para elas”, ressaltou.

Fafá também não desconversou quando foi questionada sobre drogas. Segundo a cantora, ela já usou cocaína no passado. “Tive experiências, sempre fui muito curiosa. Um dia tinha um povo em casa, me olhei no espelho e me vi sendo tragada pelo que eu não queria. Falei: ‘não quero mais’”, disse a famosa na TV Globo.


Artigos Relacionados