Estelionatários usam nome da Santa Casa de Franca para aplicar golpes

Instituição de saúde publicou nota de esclarecimento orientando a população a como proceder

Postado em: em Segurança

Como se não bastasse ter um parente internado no hospital, estelionatários estão aproveitando a fragilidade emocional da família de pacientes atendidos pelo SUS  - Sistema Único de Saúde para aplicar golpes usando o nome da Santa Casa de Misericórdia de Franca.

De acordo com relatos de algumas das vítimas, o golpista utiliza um número restrito (sem identificação de chamada) e se passa por funcionário da instituição. Em seguida, ele fala que os pacientes, em sua maioria internados na UTI, tiveram o quadro de saúde agravado e por isso precisam passar por supostos procedimentos.

Diante disso, o estelionatário pede dinheiro para fazer o procedimento e que, futuramente, o valor seria devolvido pelo hospital. Para tanto, o golpista solicita depósito em conta bancária.

Informada das tentativas de estelionato, a diretoria da Santa Casa de Misericórdia de Franca emitiu nota explicando que nenhum exame ou qualquer outro procedimento feito em pacientes do SUS realizados em suas unidades – Santa Casa, Hospital do Coração, Hospital do Câncer e AME (Ambulatório Médico de Especialidades) têm qualquer custo para o usuário.

Portanto, qualquer pessoa que receber algum contato desse tipo não deve fazer nenhum depósito ou entrega de valores. A diretoria da Santa Casa orienta ainda que procure pessoalmente a recepção do hospital para se informar.

A Santa Casa de Franca destaca ainda que as informações de pacientes e telefone de familiares não são divulgados pelo hospital.

Segundo informações da polícia, este tipo de crime é aplicado em outras regiões do país. 


Artigos Relacionados