Estado de São Paulo tem 18 das vinte melhores estradas do país, duas em Franca

Rodovias Cândido Portinari e Ronan Rocha aparecem no ranking entre as melhores de todo país

Postado em: em Trânsito

Nesta semana a Confederação Nacional dos Transportes (CNT) divulgou nova pesquisa mostrando que, pelo 14º ano consecutivo, as melhores rodovias do país estão no Estado de São Paulo.

Duas delas passam pela região de Franca, a SP-334, Cândido Portinari, que liga a cidade à Ribeirão Preto e Rifaina, e a SP-345, Ronan Rocha, que liga Franca a Patrocínio Paulista, Itirapuã e divisa com Minas Gerais, sentido Capetinga. Ambas estão na 12ª posição do ranking.

A Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) é considerada a melhor estrada brasileira pelo sexto ano consecutivo. Em segundo lugar, aparecem as Rodovias D. Pedro I e a SP-340 que formam a ligação Campinas – Jacareí, seguidas da SP-225, que liga o município de Bauru à Itirapina. 

Apresentada em Brasília, a pesquisa mostra o ranking em que 18 das 20 melhores rodovias do país são concessões estaduais paulistas fiscalizadas pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).

Todas as 16 rodovias classificadas como “ótimas” pelo levantamento técnico da Confederação Nacional dos Transportes – CNT recebem investimentos viabilizados pelo Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo. 

Outro dado apurado pelos técnicos da CNT, que avaliaram 105,8 mil quilômetros de rodovias, demonstra que a malha rodoviária que passa por São Paulo é a melhor do Brasil, com 77,8% de sua extensão classificada como ótima ou boa. Em todo o país, somente 38,2% das rodovias estão nas mesmas condições.

“Conseguimos manter em São Paulo esse histórico de bons resultados não apenas porque fazemos concessões, mas porque há duas grandes preocupações que não saem do escopo dos projetos: investimentos e fiscalização. Mesmo com rodovias com ótimas condições, a agência atua de forma séria e austera na fiscalização e aplica as multas quando os prazos não são atendidos conforme o estabelecido nos contratos. O usuário precisa receber aquilo que foi idealizado pelo Governo e está claramente especificado no contrato, cabe a ARTESP garantir isso”, avalia Giovanni Pengue Filho, diretor geral da Artesp.

Esse ano, a fiscalização foi ampliada com a criação da “Blitz Olho Vivo” da Artesp que detectou 1.774 não conformidades que geraram notificações de multa às concessionárias.

Confira o ranking completo das melhores rodovias do país: http://www.artesp.sp.gov.br/sala-de-imprensa-notic...


  • Ronan Rocha está entre as melhores rodovias do país. Foto: Mapio

Artigos Relacionados