Em Franca, Pronto Socorro Álvaro Azzuz, deixa de ser exclusivo para Covid-19

Número de casos na cidade é a justificativa para mudança. Centro de Triagem do São Joaquim foi desativado

Postado em: em Saúde

A ​Secretaria de Saúde de Franca anunciou mudanças no atendimento a pacientes com Covid-19. 

Agora, o Pronto Socorro Municipal Álvaro Azzuz, que desde março era exclusivo para o novo coronavírus, volta a atender outras doenças. 

No hospital particular São Joaquim, o centro de triagem foi desativado.

Segundo o secretário municipal de Saúde, José Conrado Netto, a modificação no protocolo acontece por conta da queda do número de casos confirmados no município e nas notificações.

A pasta afirma que apenas 30% do atendimento no Pronto Socorro, hoje, são de pessoas com sintomas de Covid-19. 

Há três meses, esse número era 90%. Apesar dos bons índices, Netto reforça o alerta para que a população mantenha os cuidados sanitários.

“Esse cenário vem mudando, mas a pandemia não acabou. Não podemos, com isso, fazer com que a população deixe de usar máscara, deixe de se proteger e deixe de evitar aglomerações”, afirma.

Na quarta-feira, Franca registrou 40 novos casos da doença e uma morte, totalizando 7.821infeções e 182 óbitos. 

A taxa de ocupação em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) está em 58%, com 29 internados.

Centro desativado​

O Hospital São Joaquim desativou uma tenda que funcionava, há sete meses, como triagem para pacientes com sintomas do novo coronavírus.

O diretor do hospital, Paulo Sérgio Faleiros, afirma que a procura teve uma baixa nas últimas semanas e que a unidade pode acolher os pacientes dentro da estrutura que já existia antes da pandemia.

“Tem tido uma diminuição consistente do número de pessoas que procuram nossa tenda. Nós temos plenas condições de segurança de atender esses pacientes nas dependências da nossa unidade de emergência”, diz.

*Informações G1


Artigos Relacionados