​Em época de pandemia de Covid-19, motéis de Franca surpreendem com clientes

Motéis e drive-in estão recebendo muitos clientes nessa época, cada um funcionando a seu jeito

Postado em: em Economia

Se de um lado a pandemia do Coronavírus tem ocasionado problemas para a economia francana, por outros alguns segmentos estão faturando muito mais nesse período. É o caso e motéis e drive-in.

Franca tem pouco mais de 25 estabelecimentos desse gênero, os quais não estão sofrendo com o estado de calamidade implementado pelo prefeito Gilson de Souza, ou tampouco com os decretos do governador, João Dória.

Motéis e drive-in estão recebendo muitos clientes nessa época, cada um funcionando a seu jeito. Os preços dos quartos variam de R$ 35,00 as 170,00. 

"Estamos tomando as medidas que pedem [as autoridades], limpando com mais frequência os quartos e tomando os cuidados necessários", disse o atendente, que também citou a presença de álcool em gel para funcionários e clientes na recepção.

Os diretores dessas casas íntimas dobraram nas questões de higienização, utilizando vários tipos de produtos para que seja evitada qualquer contaminação.

A limpeza está reforçada, as arrumadeiras estão se desdobrando e tomando as medidas exigidas.

Pouco mudou desde o início da pandemia, pois os estabelecimentos já utilizavam produtos de limpeza hospitalar, disse a camareira R.A.S. Segundo ela, os produtos garantem maior eficácia na higienização.

"Como a gente já trabalhava com produtos de limpeza hospitalar, apenas mantivemos o procedimento de limpeza que tínhamos antes. Todos os produtos têm selo da Anvisa, tudo certinho", disse ela, sem citar o nome dos produtos.

A recepcionista de um motel  da zona Norte oferece uma gama de pacotes, que variam de R$ 55 a R$ 99 - esta última com hidromassagem.

Sobre a higienização do estabelecimento, ela garante: "a limpeza nos quartos está reforçada, para isso estamos usando produtos da Nippon Chemical. Também tem álcool gel na recepção caso as pessoas queiram usar".


Artigos Relacionados